A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

06/10/2011 18:50

Com fronteira “aberta”, secretária garante segurança reforçada contra aftosa

Fabiano Arruda

A titular da Seprotur (Secretaria de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo), Tereza Cristina, afirmou nesta quinta-feira que a vigilância reforçada na região de fronteira no Estado, no combate ao foco de aftosa surgido no Paraguai, garante situação de normalidade na região.

A faixa de fronteira está “aberta” desde o final de semana, já que, na sexta-feira última, expirou decreto do governo do Estado que fechava a fronteira do Estado e proibia o ingresso de veículos, produtos e subprodutos orgânicos e agropecuários originários do país vizinho.

O decreto vigorou por cinco dias. Segundo a secretária, agora, o Estado possui todo o equipamento necessário para pulverização de veículos.

A titular da pasta ainda afirmou que não foi identificada a necessidade pontual de vacinações específicas em qualquer região do Estado, fora do prazo de vacinação, prevista para começar em novembro.

Militares do Exército, policias do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) e fiscais do Iagro formam equipes volantes para fiscalização na região.

Portaria mantém vacinação do gado contra a febre aftosa em novembro
Pecuaristas queriam antecipar imunização, após foco no Paraguai, mas pedido não foi atendidoPortaria publicada hoje pela Iagro (Agência de Defesa Sa...
Secretária descarta “vacinação afobada” contra aftosa na fronteira
Mesmo com a nota técnica do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), que descarta a antecipação da vacinação da aftosa em Mato Gro...
Mapa descarta antecipar vacinação contra aftosa, mas libera estados
O Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) deve publicar portaria nesta quinta-feira em que declara não ser necessária a antecipaçã...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions