A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

04/12/2009 16:58

Com medo, rapaz marca encontro e se entrega à Polícia

Redação

Vanderson dos Santos de Araújo, de 19 anos, confessou que matou Geovani Dias Armindo, de 17 anos, na tarde de ontem, mas diz que era humilhado pela vítima.

Vanderson se apresentou à Polícia na tarde desta sexta-feira, e não ontem, como havia sido informado pela Polícia Militar. A família de Vanderson ligou para o 10º Batalhão e então combinou com os policiais que ele iria se apresentar às 15h no Parque Ayrton Sena.

No horário combinado, Vanderson chegou e foi preso. Ele contou que não tinha intenção de matar Geovani e que chegou ao local para tomar tereré com os amigos, mas, como foi motivo de chacota, atirou no adolescente.

Vanderson conta que convive com a ex-namorada de Giovani. No entanto, a jovem o traiu com o adolescente. Por este motivo, Vanderson era motivo de chacotas entre os amigos.

Nessa quinta-feira, ao chegar na residência da amiga, para tomar tereré, segundo ele, Geovani teria dito: "O corno chegou". Diante da situação, perdeu a cabeça e atirou.

A Polícia chegou a cogitar o envolvimento de Vanderson no assassinato de Paulo Henrique da Silva, 37 anos, encontrado morto na manhã dessa quinta-feira, na avenida Guaicurus. No entanto, ele nega qualquer participação.

Paulo Henrique - O responsável pela morte de Paulo Henrique foi preso na noite dessa quinta-feira. O autor é um adolescente.

Ele disse à Polícia que foi contratado por um comerciante, por R$ 50, para cuidar da casa dele, porque iria viajar. O comerciante o avisou que Paulo Henrique era autor de pequenos furtos na região.

O adolescente não explica se Paulo Henrique foi até à residência do comerciante ou se foi acordado pelo autor. A mãe da vítima diz que o filho dela foi acordado por Rafael e mais duas pessoas.

A mãe de Paulo Henrique chegou a cogitar o envolvimento de Vanderson no crime.

Autorização para psicólogos aplicarem terapia de reorientação sexual é mantida
O juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, da 14ª Vara Federal de Brasília, decidiu hoje (15) tornar definitiva a decisão liminar (provisória) que havia pr...
Clientes de banco podem renegociar dívidas no "Caminhão do Quita Fácil"
A partir de segunda-feira (18), clientes das agências da Caixa de Campo Grande terão a possibilidade de renegociar suas dívidas atrasadas há mais de ...
Acordo entre poupadores e bancos vai beneficiar 30% dos que entraram na Justiça
Das 10 milhões de pessoas que entraram na Justiça por perdas no rendimento de cadernetas de poupança, apenas cerca de 3 milhões serão beneficiadas, s...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions