A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 18 de Setembro de 2018

07/09/2009 10:00

Comerciantes fazem manifestação por ações na rodoviária

Redação

Em meio ao desfile cívico em comemoração à Independência do Brasil, comerciantes do entorno do Terminal Rodoviário de Campo Grande fizeram um protesto pela revitalização da área.

Um grupo de 50 pessoas, entre donos de lojas, funcionários demitidos e os que cumprem aviso prévio, exibiu faixas na tentativa de impedir que o prédio seja abandonado, quando for ativada a nova rodoviária.

A principal reivindicação dos manifestantes é o aumento das linhas do transporte urbano coletivo na região.

Isso porque com a inauguração do novo prédio, algumas plataformas ficarão vazias, o que irá diminuir ainda mais o fluxo de pessoas na área.

Funcionária de um posto telefônico no local, Marina Rodrigues Oliveira, argumenta que os ônibus são indispensáveis para que o movimento não cesse de vez. "No momento em que as luzes da rodoviária se apagarem, o local vai virar o corredor do crack", defende a manifestante.

Além do transporte coletivo urbano, os comerciantes querem que os ônibus de viagem que chegam do interior desembarquem no local, e que os de turismo tenham a rodoviária como ponto de partida.

Tentativa - Na última quinta-feira (3), representantes do comércio do entorno da rodoviária fizeram uma manifestação na Câmara Municipal. Na ocasião, leram para os vereadores uma carta aberta com suas reivindicações.

O que irá acontecer com o prédio da rodoviária assim que a nova entrar em funcionamento preocupa os comerciantes. O receio de quem trabalha na área é que a diminuição do fluxo de pessoas leve ao fim do comércio tradicional do seu entorno.

No dia 16 de julho, a Fecomércio/MS (Federação do Comércio de Mato Grosso do Sul) apresentou ao prefeito Nelsinho Trad (PMDB) uma proposta de revitalização do prédio, após oficinas realizadas com os comerciantes, com a proposta de criar no local espaços destinados a cursos, como atrativo para a população.

O plano apresentado prevê também exposições permanentes de produção artística industrial do Estado em diversos ramos, como moda, alimentação e artesanato.

Na reunião para apresentação da proposta, o prefeito Nelsinho Trad afirmou que a idéia 'tem tudo para dar certo'. Mas, ressaltou que a Prefeitura é proprietária de apenas 12% do local, e terá de negociar com os 170 proprietários que detêm 88%.

As sugestões encaminhadas seriam então incluídas na revitalização do centro da cidade, cujo plano proposto pela Prefeitura tem previsão de ser concluído até janeiro de 2010. Mas, o prédio da nova rodoviária tem previsão de ser entregue já no dia 12 de setembro deste ano.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions