A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

24/02/2016 08:10

Confira como ficará remuneração dos professores, após reajuste de 11,36%

Salários começam em R$ 1.575,88 até R$ 8.372,69

Mayara Bueno
Reajuste foi anunciado em reunião, na quarta-feira, na governadoria. (Foto: Allan Nantes)Reajuste foi anunciado em reunião, na quarta-feira, na governadoria. (Foto: Allan Nantes)

O governo estadual publicou, nesta quarta-feira (24), as tabelas de remuneração dos profissionais do magistério de Mato Grosso do Sul. Na terça-feira (23), o governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB), anunciou o reajuste de 11,36% nos salários dos professores. O percentual eleva MS o maior piso salarial do País.

Na edição de hoje do Diário Oficial do Estado, estão as remunerações dos cargos de especialista em educação, professor leigo e professor do quadro suplementar. Os salários começam em R$ 1.575,88, para cargo de professor que faz 20 horas, e o mais alto chega a R$ 8.372,69, especialista em educação, por 36 horas.

Mesmo sem o reajuste, os professores do Estado já recebem 73,78% acima do piso nacional, que é de R$ 2.135,00 para profissionais que possuem o Ensino Médio. Além disso, o piso nacional é válido para jornada de 40 horas de trabalho enquanto que em Mato Grosso do Sul a jornada de trabalho é de 20 horas.

Além do acréscimo, que começa a valer em março, a categoria receberá, em outubro, reajuste de 5,96%, fruto de acordo feito no ano passado, quando os professores do Estado entraram em greve. O acréscimo visa elevar em 100% o piso dos professores de MS em relação ao piso nacional até 2018.

Confira a tabela, publicada na página 2 do Diário Oficial.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions