A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

28/12/2009 14:36

Contrato entre Governo e Banco do Brasil era até 2013

Redação

O contrato entre o Governo do Estado e o Banco do Brasil iria vigorar até 18 de dezembro de 2013. No final do ano passado, o governador André Puccinelli (PMDB) recebeu R$ 20 milhões para prorrogar o contrato por mais nove meses, de 19 de março para 18 de dezembro de 2013.

O Estado, na gestão de Zeca do PT, havia recebido R$ 65 milhões para firmar um contrato com a instituição por cinco anos em dezembro de 2005. O valor garantiu o pagamento do 13º dos servidores na época.

O contrato sofreu o primeiro aditivo no primeiro mês de gestão de André Puccinelli, quando ele ameaçou romper com o Banco do Brasil e acabou recebendo R$ 29 milhões para prorroga-lo por mais um ano.

Depois houve novo termo aditivo, por mais um ano. E depois, por mais nove meses, o Governo estadual recebeu R$ 20 milhões.

A assessoria do Banco do Brasil limitou-se a confirmar que o contrato iria até 2013. A superintendência evitou comentar a rescisão e os motivos de novo contrato, que resultou no pagamento de R$ 157,3 milhões ao Estado.

Clientes de banco podem renegociar dívidas no "Caminhão do Quita Fácil"
A partir de segunda-feira (18), clientes das agências da Caixa de Campo Grande terão a possibilidade de renegociar suas dívidas atrasadas há mais de ...
Acordo entre poupadores e bancos vai beneficiar 30% dos que entraram na Justiça
Das 10 milhões de pessoas que entraram na Justiça por perdas no rendimento de cadernetas de poupança, apenas cerca de 3 milhões serão beneficiadas, s...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions