A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

28/01/2008 11:40

Corumbá lança dia 31 campanha contra exploração sexual

Redação

Pela primeira vez desde que foi criada, Mato Grosso do Sul foi incluído na Campanha Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes no Carnaval. Corumbá é um dos oito municípios selecionados no País para as ações desenvolvidas pela Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República (SEDH).

O município foi indicado a partir de dados do Pair (Programa de Ações Integradas Referenciais de Enfrentamento a Violência Sexual Infanto-Juvenil no Território Brasileiro), durante reunião no início deste mês com representantes de ministérios, organizações não-governamentais e corporações como a Polícia Rodoviária Federal. "Decidimos incluir Corumbá também porque a Polícia Rodoviária, a partir da experiência que tem, demonstrou preocupação por visualizar essa situação de vulnerabilidade na região", justifica a consultora técnica da sub-secretaria de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescentes, Eliane Bispo.

Durante o carnaval serão distribuídas camisetas, abanadores, bandanas e fitas de pulso com o tema "Sexo só se for Legal: Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes é Crime".

Corumbá é o único município do interior inserido na relação, os outros sete são capitais com grande fluxo de turistas nesta época. Estão na lista Salvador, Recife, Manaus, Porto Alegre, Fortaleza, Rio de Janeiro e São Paulo.

A ação é basicamente de conscientização, mas já rendeu bons resultados desde 2006, com diminuição de índices verificados nos estados onde foi desencadeada, garante a Sedh . "Na verdade a campanha combate um problema que existe na cidade o ano todo, mas aparece de maneira acentuada no carnaval, principalmente por causa da pesca", lembra Eliane.

Em Corumbá a Campanha será executada pela Secretaria Municipal de Assistência Social e será oficialmente lançada no dia 31 de janeiro, próxima quarta-feira, no clube Corumbaense, durante a coroação da corte de Momo do Carnaval 2008.

Denúncia - Outro objetivo da Campanha é divulgar o disque-denúncia sobre exploração sexual de crianças e adolescentes, o Disque 100. Desde 2003, mais de 1 milhão e 655 mil atendimentos foram registrados e 53 mil denúncias encaminhadase a partir do serviço. De 2006 para 2007, o número de denúncias aumentou 80%, o que para a Sedh demonstra a eficácia das campanhas com a comunidade.

Inscrições para o Vestibular 2018 da UFMS seguem abertas
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
Autorização para psicólogos aplicarem terapia de reorientação sexual é mantida
O juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, da 14ª Vara Federal de Brasília, decidiu hoje (15) tornar definitiva a decisão liminar (provisória) que havia pr...
Clientes de banco podem renegociar dívidas no "Caminhão do Quita Fácil"
A partir de segunda-feira (18), clientes das agências da Caixa de Campo Grande terão a possibilidade de renegociar suas dívidas atrasadas há mais de ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions