A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 23 de Junho de 2018

30/05/2008 14:13

Decretada prisão preventiva de PRFs que recebiam propina

Redação

Continuam presos os cinco policiais rodoviários federais acusados de receber propina para facilitar o escoamento de cargas irregulares de carvão.

A prisão preventiva deles foi decretada pelo juiz de Três lagoas Jairo da Silva Pinto na tarde desta quinta-feira. Os demais presos na operação Diamante Negro, deflagrada na semana passada pela PF (Polícia Federal) e PRF (Polícia Rodoviária Federal), foram soltos.

Ives Quirino Diniz, Carmelito Pereira do Nascimento, Marco Antônio Rodrigues de Miranda, Sidenilto Correia de Paula e Wanderlilton da Silva Araújo trabalhavam no posto da BR-158 em Paranaíba, a 410 quilômetros de Campo Grande, e recebiam de R$ 1 a R$ 1,5 mil para deixar passar cargas irregulares.

Também foram presos produtores de carvão e funcionários públicos do Ibama (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Renováveis), Agenfa (Agência Fazendária) e Imansul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul).

Ao todo foram expedidos 35 mandados de prisão, sendo que apenas dois não foram cumpridos. A PF estuda a necessidade de pedir a prisão preventiva de outros presos temporariamente.

IFMS divulga resultado da seleção de jovens e adultos para os cursos técnicos
O Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) publicou nesta sexta-feira, 22, o resultado preliminar do processo seletivo para ingresso em cursos ...
SUS incorpora novos tratamentos para doenças raras
A Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias aprovou novas opções de cuidado para quem sofre de doenças raras no Brasil. Os tratamentos, de aco...
Mega-Sena de amanhã pode pagar R$ 38 milhões após 6 sorteios sem premiados
O sorteio da Mega-Sena de amanha (23) pode premiar um ou mais acertadores com até 38 milhões. No último sorteio, quarta-feira (20) o prêmio acumulou ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions