A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

12/03/2012 08:20

Defesa de goleiro admite morte de Eliza Samudio e culpa Macarrão por crime

Aline dos Santos

Filho do casal mora com a avó em Anhanduí

Eliza tentava que Bruno reconhecesse a paternidade de seu filho. Eliza tentava que Bruno reconhecesse a paternidade de seu filho.

Depois de alegar por quase dois anos que Eliza Samudio está viva, pois o corpo não foi achado, a defesa do goleiro Bruno Fernandes admite pela primeira vez que a jovem morreu.

A nova estratégia será adotada pelo advogado Rui Caldas Pimenta, que vai defender o goleiro durante o julgamento , que ainda não foi marcado. Eliza brigava na Justiça para que Bruno reconhecesse ser do pai do seu filho.

De acordo com o portal G1, Pimenta vai sustentar no julgamento que Luiz Henrique Romão, o Macarrão, amigo do goleiro, tomou a decisão de matar Eliza por ciúme.

Na versão da defesa, Bruno deu R$ 30 mil para a jovem e determinou que Macarrão a deixasse na rodoviária de Belo Horizonte. A defesa ainda aponta que Eliza foi forçada a viajar do Rio de Janeiro para Minas Gerais.

Nesta versão, Bruno queria que ela comprasse um apartamento na capital mineira. O advogado também admite que a jovem e o filho estiveram no sítio do goleiro, onde a jovem foi agredida por um adolescente, que está apreendido.

O goleiro Bruno Fernandes e mais sete réus vão a júri popular no processo sobre o desaparecimento e morte de Eliza. Para a polícia, ela foi morta em junho de 2010 em Belo Horizonte, e o corpo nunca foi encontrado. Mesmo assim a polícia conclui o inquérito com base em provas de que ela foi torturada e morta a mando do goleiro.

Após um relacionamento com o goleiro, Eliza deu à luz um menino em fevereiro de 2010. Ela alegava que o atleta era o pai da criança. O menino está com a avó, que mora em Anhanduí, distrito de Campo Grande.

Justiça do Paraná determina prisão do pai de Eliza Samúdio
Em 2005, Luiz Carlos Samúdio foi condenado a 8 anos de prisão, mas estava em liberdadeNa tarde desta quinta-feira (12), a justiça de Foz do Iguaçu, ...
Bruno vai a júri por desaparecimento de Eliza e 4 são soltos
O goleiro Bruno vai a júri popular pelo desaparecimento da ex-amante Eliza Samudio. A decisão da justiça de Minas Gerais, divulgada ontem, também det...
Goleiro Bruno é condenado por agressão contra Eliza Samudio
O goleiro Bruno Fernandes, que está preso preventivamente em Minas Gerais pelo desaparecimento de Eliza Samudio, foi condenado a quatro anos e seis m...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions