A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

10/06/2013 08:25

Depois de chefe da Funai, governo exonera diretor-executivo da PF

Aline dos Santos

O governo federal publicou hoje a exoneração da presidente da Funai (FundaçãoNacional do Ìndio) e do diretor-executivo da PF (Polícia Federal).

A saída, a pedido, de Marta Maria do Amaral Azevedo foi anunciada na última sexta-feira. A demissão foi por motivo de saúde e veio uma semana depois da morte do índio Oziel Gabriel, de 35 anos.

Ele foi baleado durante confronto na reintegração de posse da fazenda Buriti, em Sidrolândia, cumprida pela Polícia Federal e Polícia Militar. O terena morreu no hospital, vítima de arma de fogo.

O cargo de diretor-executivo, o segundo mais importante na hierarquia da PF, atrás somente do posto de diretor-geral, era ocupado por Paulo de Tarso Teixeira. O substituto é Rogério Augusto Viana Galloro. O motivo da exoneração não foi informado. Conforme o anunciado, a presidente interina da Funai será Maria Augusta Boulitreau Assirati.



o que precisa ser feito é acabar com esse negocio de indio!! indio não existe....tem que ser tratado como brasileiro normal.e não como objeto de massa de manobra da funai!!! indio precisa de deveres tambem .e responderem por seus atos .são seres humanos como nos .não teem nada de diferente não!!! a unica diferença é que eles não vieram de lugar nenhum .eles ja estavam aqui!!!quem comprou terra no brasil e não comprou de um indio !! comprou de invasor !!!!!!!
 
paulo costa em 10/06/2013 13:35:22
Depois que vi com todas letras o "indio" mandar um recado ao poder judiciário que não sairia da terra que invadiu, e que de lá "ninguém" o tiraria, que a moda agora é assaltar e colocar fogo nas pessoas, que matar pessoas inocentes têm como pena trabalho sócio-educativo, que políticos condenados são nomeados para dirigirem cidadãos de bem, constatei que o Brasil caminha a passos rápidos para o caos da desobediência civil. Ninguém mais cumpre lei, a criminalidade já se instalou nos quatro cantos do país e o Estado não serve mais para absolutamente nada a não ser cobrar impostos absurdos do cidadão de bem. UM DESASTRE ANUNCIADO! Enquanto isso, os governantes se preocupam com a queda nas pesquisas e que mais "bolsas" têm que ser criadas. É mole? Ou quer mais!!!!
 
Antonio Eurico em 10/06/2013 11:00:08
PARECE ATÉ CLUBE DE FUTEBOL, PERDEU O JOGO TROCA O TREINADOR. TEMOS QUE MUDAR É A MANEIRA DE TRATAR UM ASSUNTO TÃO SÉRIO COMO ESTE DA QUESTÃO INDÍGENA. FALTA VONTADE POLÍTICA. É COMO FAZER O ESGOTO DEPOIS DA RUA ASFALTADA, PORQUE SE FIZER ANTES NINGUÉM VAI VER O ASFALTO RASGADO E CHEIO DE BURACO. FICA O VELHO DITADO POPULAR, DEPOIS QUE O LADRÃO ENTRA, FECHAMOS A PORTA. SÓ QUE COLOCAM UMA PORTA DE PALHA, TOMAM APENAS MEDIDAS PALIATIVAS, PARECE QUE QUANTO PIOR MELHOR.
 
EMANUEL SANTOS em 10/06/2013 10:06:30
no policial aposentado, que foi assassinado em sua propriedade, ninguém fala nada, será que ele não era um ser humano, não tem família, ou não tinha nenhuma importância, como ser humano.
 
jose olavo dos santos em 10/06/2013 09:48:50
Morre gente a todo momento, em todo o Brasil, dos modos mais diversos, mas quando morre um Indio, até a presidente quer falar a respeito.
E no final, rolam cabeças.
Eta Indios poderosos.
Essa é uma conta que nunca vai ser paga.
 
Reinaldo Sandim em 10/06/2013 08:59:52
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions