A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

30/05/2013 15:37

Dom Dimas lamenta morte de índio e conflito “conhecido no mundo inteiro”

Ângela Kempfer e Luciana Brazil
Dom Dimas acredita que morte de indígena faz parte de erro histórico. (Foto:Vanderlei Aparecido)Dom Dimas acredita que morte de indígena faz parte de erro histórico. (Foto:Vanderlei Aparecido)

Pouco antes de começar a celebração de Corpus Christi na tarde desta quinta-feira, o arcebispo metropolitano de Campo Grande, Dom Dimas lamentou a morte do índio Oziel Gabriel, de 35 anos, durante confronto com a Polícia em Sidrolândia.

Na avaliação dele, o terena é vítima de um erro histórico. “Infelizmente um problema conhecido no mundo inteiro”, comentou sobre a disputa entre índios e fazendeiros em Mato Grosso do Sul.

“Muitas pessoas venderam títulos de terra dessas comunidades há muitos anos e o Estado não poderia ter deixado”, comenta.

Ele coloca os dois lados do conflito como vítimas. “Os índios sabem que são donos da terra e os agricultores pagaram por aquilo”, completa, ao cobrar uma providência. “É importante uma solução urgente do Governo Federal”.

Dom Dimas defende a criação de mecanismo para que os produtores sejam indenizados pela terra, não só pelas benfeitorias, como a legislação atual prevê, para que os pecuaristas que estão dispostos a um acordo não sejam prejudicados.



Pessoas venderam títulos...oras meu Sr. quem deu título à terras foi o estado. e...se voltarmos no tempo.... quem deu início nessas invasões chamadas CONQUISTAS ????? Papa Nicolau V ???? rei D. Afonso.... tem mais.....
 
geraldo cançado em 30/05/2013 19:08:14
Isso que é pensamento divino e certo. Tem que haver paz. Os indios não são bandidos, são gentes, são humanos e querem o que lhes pertencem. O que vão fazer com a terra é problema deles, mas a terra é deles. Com certeza se tiverem ajuda do governo pra plantar e trabalhar vão crescer e muito como gente e como cidadãos que são. paz a todos nós inclusive aos indios e fazendeiros.
 
madalena aparecida rodrigues em 30/05/2013 18:11:27
O D. Dimas, os índios sabem o que a Funai falar pra eles. Eles querem as terras que a Funai vai indicar, logo, vai sobrar o que pra plantar feijão, arroz e milho pra nós ? Se for assim, não teremos mais produção agricola no estado e pode mandar embora todos os produtores sejam eles católicos ou não.
 
Luiz Bellé em 30/05/2013 16:09:06
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions