A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

28/04/2011 12:05

Em depoimento, segurança das Lojas Americanas afirma ter sido agredido primeiro

Francisco Júnior

Segurança poderá ser indiciado por lesão corporal

O segurança das Lojas Americanas, Décio Garcia de Souza, acusado de espancar o vigilante Marcio Antonio de Souza, de 33 anos, prestou depoimento na tarde de ontem (27), no 1º Distrito Policial.

De acordo com a delegada que investiga o caso, Daniella Kades, o segurança justificou as agressões alegando ter sido agredido primeiro. “Ele alegou legitima defesa”, disse.

No depoimento, Décio disse que viu o vigilante tirar uma sacola plástica do bolso, colocar dentro dela dois ovos de páscoa, e em seguida, escondeu os produtos dentro de um capacete. “Ele afirma que abordou a vítima, e ela, pediu para ser liberada, já que também era segurança. Pediu um favor de camaradagem para sair da loja com os ovos de páscoa”, disse a delegada.

O segurança disse ainda que encaminhou Márcio para uma sala dentro da loja, onde pediu para ele assinar uma declaração assumindo o furto. O vigilante, segundo o acusado, teria assinado, e mesmo assim, queria sair do local levando os ovos. Ao ser impedido, começou a agredi-lo. “Ele diz que revidou com dois socos, mas com o estado em que se encontra a vítima, foram bem mais que dois. Estamos investigando”, disse a delegada.

A vítima também esteve na delegacia ontem e prestou depoimento. Márcio afirmou que entrou na loja com ovos dentro do capacete e teria os comprado em um supermercado de Campo Grande, porém, segundo ele, o segurança já o abordou com ofensas e o levou para a sala. “Lá ele disse que foi xingado de vagabundo, sem vergonha e negão. Ele afirma que apanhou em pé e quando estava caído”, relatou a delegada que ficou impressionada com os ferimentos no rosto da vítima. “O rosto está bastante machucado. Não justiça a proporção das agressões”.

Márcio disse que só assinou o documento depois que apanhou do segurança.

Mesmo com todas as agressões que sofreu o vigilante ainda não solicitou que a polícia faça a representação contra o segurança. Márcio, conforme a delegada, disse que é evangélico e não pretende prejudicar o rapaz. A advogada dele ficou de entrar em contato com a delegada para informar uma decisão dele sobre essa questão.

Caso seja feita a representação, o segurança poderá ser indiciado por injúria qualificada pelo racismo e lesão corporal.

A Comissão de Direitos Humanos da OAB/MS, que já está acompanhando este caso, recebeu uma denuncia de que dois rapazes doentes mentais também teriam sido agredidos por segurança das Lojas Americanas.

A presidente da comissão, advogada Kelly Cristiny de Lima Garcia irá conceder uma entrevista coletiva na sede da OAB para falar sobre essa denuncia.



Hoje mesmo aconteceu isso comigo e com meu amigos , nós estava em 4 pessoas , agente entrou na loja americanas dai o segurança começou a nos seguir , logo em seguida nós decidimos sair da loja , e eles colocaram aquela maquina que apita quando furta alguma coisa pra falar que agente roubou alguma coisa , e meu amigo começou discutir com ele , o segurança agrediu verbalmente meu amigo , e chamou ele pra resolver isso lá fora querendo sair na mão com meu amigo , nós vamos prestar depoimento nê uma delegacia . Isso aconteceu no shopping Plaza Sul
 
Guilherme Marques em 21/01/2013 20:58:23
Legítima defesa? mais de dois contra um e alega legítima defesa? esse "segurança" das lojas americanas é um brincante! Márcio, não renuncie ao seu direito, REPRESENTE-O na forma da Lei e vc será sempre lembrado futuramente pela sua filhinha que vc foi forte e lutou contra tiranos dessa estirpe. Certeza que assim o fazendo, Jesus estará, também, ao seu lado.
 
ITAMAR DA ROCHA BARROS FILHO em 08/05/2011 08:05:45
Realmente os funcionários dessa loja nao tem o mínimo de treinamento para atender o publico.Há alguns anos atras meu pai (que tbm é negro) foi acusado de roubo por seguranças dessa loja.Que a justiça esteja ao seu lado Marcio.
 
Leticia Nogueira em 29/04/2011 11:03:41
Ihhhh, já tá mal contada essa história. O vigilante que apanhou não querer prejudicar o segurança da loja por ser evangélico? tá bom. Nem cristo oferceu outra face. Já estou duvidando da palavra do vigilante.
 
Luiz Carlos Barbosa de Castro em 28/04/2011 12:47:12
O rapaz provou com notas fiscais que havia comprado o produto em outro estabelecimento, e , ainda tem bandido querendo defender o bandido da loja.
Esse pessoal da Americana estão acostumados a bater em gente.
Vai chegar a hora em que eles vão apanhar.
Não vivemos mais nas eras primitivas da terra.
 
Emanuel Arce em 28/04/2011 04:56:01
ESSE VIGILANTE SE ACHA UM POLICIAL DO BOPE..
DA UM POUQUINHO DE PODER JA DESCE O BRAÇO..
VAMOS TREINAR ESSES SEGURANÇAS.
 
HENRIQUE REIS em 28/04/2011 04:41:38
Esse tal de Marcio ta se fazendo de Vitima . Roubou agora fica ai que nem um coitadinho!! A cada depoimento ele se contradiz ....Bom exemplo vc está dando pra sua filinha .
 
Luiz Miguel em 28/04/2011 04:16:26
nao é de hoje que a loja em questao age dessa forma, existem vários relatos, e que não podem ir adiante pelo fato de obrigarem a assinar o tal documento que realmente fez o furto, essa salinha é conhecida de muita gente, ate eles encontrarem algum grandao (policia, politico, advogado) ou algo parecido, ai o negocio vai ficar feio para o lado deles.
 
jose carlos em 28/04/2011 03:58:54
ELES AINDA AMEAÇAM DE NOVAS REPREENSÕES CASO SEJAM DENUNCIADOS ....E ELES NÃO SÃO TÃO EDUCADINHOS COMO RELATA O SEGURANÇA AGRESSOR..... JA LEVAM PARA SALINHA NA BASE DE EMPURROES E TAPAS...
 
LUIS CLAUDIO FREITAS em 28/04/2011 03:45:33
que legitima defesa hein! o cara esta de brincadeira. O Décio voce é um brincalhão.
 
elias alonso da silva em 28/04/2011 03:30:00
Márcio, você tem que fazer a representação sim, principalmente por ser evangélico tem que ser contra a violência, alguém tem que fazer a diferença, faça a sua parte, nada nos acontece por acaso, amanha pode ser sua filha a vítima passível diante deste "dragão" se te aconteceu isso é para que tome uma atitude, quando alguem comete qualquer tipo de agressão moral ou física é que já está acostumado a isso... faça alguma coisa
 
Marta Maria Azevedo em 28/04/2011 02:52:56
Sabia que esse seg. de iaraque estava mentindo, niguém vai agredindo s/ motivo, como ele é grande deve ter partido pra vias de fatos e levou a pior. Muito bem c. news é assim que se faz ouvindo o outro lado parabéns.
 
Felipe Salinas em 28/04/2011 02:33:22
Quem precisou de qualquer atendimento - que não apenas o atendimento de pagar suas compras - nas Americanas sabe muito bem que eles estão "se lixando" para o consumidor.
Tente trocar uma mercadoria 3 dias após a compra. Tente ser atendido - nesse caso - por alguém que saiba o que está fazendo naquele balcão. As lojas Americanas não têm o menor respeito pelo consumidor, não treinam adequadamente seu pessoal de atendimento, por que iriam treinar os seguranças. E no caso da segurança das Americanas, É TREINAMENTO MESMO, não orientação.
 
Dirceu Martins de Oliveira em 28/04/2011 02:03:16
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions