A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

02/11/2010 08:37

Em MS, 33 municípios perderam população, segundo Censo

Redação

Os números oficiais serão divulgados amanhã pelo IBGE, mas o mapa do Censo divulgado até agora mostra que em Mato Grosso do Sul 42,3% dos municípios devem apresentar número de habitantes menor que o esperado.

O percentual tem como base a expectativa lançada pelo IBGE no início da coleta de dados nos domicílios brasileiros.

Entre os municípios sul-mato-grossenses que ficaram mais distantes da projeção inicial, estão Figueirão, Selvíria, Antônio João, Pedro Gomes e Santa Rita do Pardo, que ficam em regiões diferentes e têm em comum o fato de estarem entre os de menores populações no Estado.

Figueirão, o mais novo município de MS, só atingiu 81% do número de habitantes previsto, perdeu quase 500 habitantes, caindo de 3280 para 2789.

Selvíria só alcançou 90% do índice previsto. O município faz divisa com Três Lagoas, que apresentou um dos maiores crescimentos populacionais do Estado, passando de 89.493 para mais 98.311 mil habitantes.

Santa Rita do Pardo, também na região de Três Lagoas - cidade que ganha com a industrialização, atingiu 95,16% do esperado.

Fronteira: Antônio João, na fronteira com o Paraguai, fecha o Censo com 92,7% do total previsto.

Na mesma região, Coronel Sapucaia, que tem a fama de uma das cidades mais violentas do País, teve redução de 3,5 pontos percentuais, passando de 14.569 para 14.064 habitantes. Japorã, passou 7.752 para 7.238 com redução de quase 7 pontos percentuais.

Mas outras cidades supreeenderam na fronteira. Paranhos cresceu 6 pontos percentuais, subindo de 11.553 para 12.355 habitantes.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions