A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018

08/08/2018 11:15

Com 9 mil candidatos de fora, concurso da PM terá reforço em linhas de ônibus

Os concorrentes disputam 450 vagas e fazem a prova no próximo domingo (dia 12) em Campo Grande e Dourados

Mayara Bueno
Secretário de Administração, Édio Viegas, durante entrevista coletiva. (Foto: Chico Ribeiro/Governo do Estado).Secretário de Administração, Édio Viegas, durante entrevista coletiva. (Foto: Chico Ribeiro/Governo do Estado).

Com 36 mil inscritos, dos quais 9 mil são de fora de Mato Grosso do Sul, o concurso da PM (Polícia Militar) vai ganhar reforço nas linhas de ônibus e também nas vias próximas aos locais de prova, que será aplicada no domingo (dia 12).

Em Campo Grande, os testes ocorrem na UCDB (Universidade Católica Dom Bosco), localizada na avenida Tamandaré, 6000; Uniderp, na avenida Ceará, 333; no campus da Uniderp Agrárias, 1400; Centro Universitário da Anhanguera, localizado na avenida Gury Marques, 469, e Unigran, na rua Abrão Júlio Rahe, 325.

Já em Dourados, a prova será aplicada na unidade II da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados), que fica na Cidade Universitária, em frente ao aeroporto da cidade, e na Unigran, localizada na rua Balbina de Matos, 2121.

As informações são do governo de Mato Grosso do Sul, que, nesta quarta-feira (dia 8), concedeu entrevista coletiva.

Sobre as linhas de transporte coletivo, a Assetur (Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbano) vai colocar nas ruas mais ônibus com trajetos para os locais de provas, isso no caso de Campo Grande. A Polícia de Trânsito também vai reforçar, principalmente, a organização do trânsito na UCDB e Agrárias, universidades que têm poucas vias de acesso.

O secretário de Administração e Desburocratização, Édio Viegas, pediu aos candidatos para que cheguem duas horas antes do horário da prova, para evitar atraso ou até mesmo dar de cara com os portões fechados, em virtude do grande número de concorrentes.

Em todos os locais, os candidatos poderão entrar a partir das 6 horas e o limite é às 8 horas, com duração de quatro horas para execução da prova.

Assim como fez no concurso público da Polícia Civil, promovido em agosto de 2017, o governo estadual vai dispor de um equipamento detector de fraudes. Segundo o Estado, o aparelho estará em todas as universidades.

Dos 36 mil candidatos, 9 mil são de fora do Estado, 10 mil vão fazer a prova em Dourados e o restante em Campo Grande.

Salários e vagas – São 450 vagas da Polícia Militar, das quais, 50 do Curso de Formação de Oficiais; 388 vagas do Curso de Formação de Soldados e 12 vagas do Quadro de Oficiais de Saúde. O salário será de R$ 8.414,72.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions