A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 29 de Junho de 2017

22/09/2014 14:46

Indústria gerou 5.123 postos, com saldo em 45 municípios em 2014

Priscilla Peres
Campo Grande foi a cidade que mais gerou emprego em oito meses do ano.  (Foto: Fiems)Campo Grande foi a cidade que mais gerou emprego em oito meses do ano. (Foto: Fiems)

De janeiro a agosto deste ano, setor industrial de Mato Grosso do Sul abriu 5.123 vagas, tendo saldo positivo de empregos em 45 municípios do Estado, segundo levantamento do Radar Industrial da Fiems (Federação da Indústria de Mato Grosso do Sul).

Entre as cidades com saldo positivo de pelo menos 100 vagas, destacam-se Campo Grande (1.082), Angélica (644), São Gabriel do Oeste (425), Rio Brilhante (307), Chapadão do Sul (285), Itaquiraí (278), Aparecida do Taboado (261), Anastácio (79), Fátima do Sul (170), Dourados (169), Coxim (132), Maracaju (125), Camapuã (113) e Paraíso das Águas (113).

Por outro lado, em 29 municípios do Estado, o setor registrou deficit de empregos. De acordo com o coordenador da Unidade de Economia, Estudos e Pesquisas da Fiems, Ezequiel Resende, explica que em oito meses foram fechadas 4.158 vagas.

"Outra vez Três Lagoas está entre as cidades com saldo negativo com 3.102 demissões, seguida bem de longe por Iguatemi (-228), Porto Murtinho (-163) e Ribas do Rio Pardo (-144)", detalhou. O resultado de Três Lagoas é resultado do encerramento de atividades da Fábrica de Nitrogenados da Petrobras.

Destaque - Em Mato Grosso do Sul, para o período de janeiro a agosto de 2014, apontam que ao todo 119 atividades industriais apresentaram saldo de contratação, proporcionando a abertura de 5.993 vagas. Entre as atividades industriais com saldo positivo de pelo menos 100 vagas destacam-se fabricação de açúcar em bruto (1.236), construção de rodovias e ferrovias (829), construção de edifícios (772), obras de terraplanagem (249) e abate de suínos, aves e outros pequenos animais (183).

Por outro lado, no mesmo período, 95 atividades industriais apresentaram saldo negativo em Mato Grosso do Sul, proporcionando o fechamento de 5.028 vagas. Destaque para as obras de engenharia civil não especificadas anteriormente (-2.604), obras para geração e distribuição de energia elétrica e para telecomunicações (-322) e fabricação de artefatos de concreto, cimento, fibrocimento, gesso e materiais semelhantes (-273).

Fundação de Saúde prorroga inscrições em concurso com salários de até R$ 9,6 mil
A FESAT (Fundação Estatal de Saúde de Aparecida do Taboado) prorrogou as inscrições do concurso público até quarta-feira-feira, dia 5 de julho, às 17...
Prefeitura abre 56 vagas para profissionais de educação física
Processo seletivo aberto da prefeitura quer contratar 56 profissionais de educação física para atuar no programa “Movimenta Campo Grande”. Os salário...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions