A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 20 de Agosto de 2018

09/08/2018 12:47

Mesmo com atraso nas obras, Câmara convoca quatro concursados

Posse estaria associada a entrega de etapas das intervenções

Kleber Clajus
Prédio do Legislativo passa por intervenções internas ao custo de R$ 3,7 milhões (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo).Prédio do Legislativo passa por intervenções internas ao custo de R$ 3,7 milhões (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo).

Atraso na reforma da Câmara Municipal de Campo Grande, conforme o presidente João Rocha (PSDB), deve impactar na convocação de novos servidores concursados. Foram convocados para posse, na quarta-feira (8), 4 dos 70 aprovados no certame e promessa consiste em que outros sejam chamados até dezembro, prazo limite para o fim das obras.

"Houve uma morosidade [nas obras] e acionamos os responsáveis pela empresa para que retomem a celeridade. Creio que não vai dar para entregar até outubro", disse o presidente. "Conforme havíamos anunciado, progressivamente vamos chamando [os concursados] de acordo com as nossas necessidades e com a possibilidade de acomodação".

Obra inclui no histórico dois reajustes entre o Legislativo e a empresa Age Comercial Ltda, contratada para reformar o imóvel ocupado pelos vereadores no Bairro Jatiuka Park. Com isso, o investimento soma R$ 3,7 milhões para assegurar a acessibilidade no prédio, novas salas, troca do telhado, dentre outros itens. A chamada de novos concursados dependeria de sua conclusão, uma vez que parte dos servidores hoje ocupam anexo improvisado.

Em contrapartida, a primeira fase de nomeações já incluiu a tradutora de libras Helga Silva Pereira Rosa, a jornalista Milena Crestani Neto, bem como os analistas de controle externo  Henrique de Mello Cansanção e Domingos Sávio de Carvalho Arruda. Os demais, segundo João Rocha, passarão pelo mesmo processo "até o final do ano cumprindo com o edital".

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions