A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

15/08/2012 15:44

Empresa estuda construir em MS centro de diagnóstico e medicina nuclear

Elverson Cardozo
Reunião na manhã desta terça-feira. (Foto: Divulgação)Reunião na manhã desta terça-feira. (Foto: Divulgação)

Empresários da Ralston International do Brasil e da (ABPP) Associação Brasileira do Parceiro Público-Privado visitaram Campo Grande na manhã desta quarta-feira (15). Eles apresentaram ao governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli, projetos para a construção de um centro de diagnóstico e medicina nuclear, voltados para o tratamento contra o câncer.

O presidente da Ralston, Odilon Claro, acredita que Mato Grosso do Sul poderá ser o primeiro estado brasileiro a receber a tecnologia da Protonterapia, que utiliza a radiação com prótons para o tratamento. A tecnologia é utilizada em países com o a Bélgica e Estados Unidos.

A reunião também contou com a presença da secretária de Estado de Produção, Indústria e Turismo, Tereza Cristina da Costa, que discorreu sobre as estratégias de localização para beneficiar o acesso dos pacientes.

Segundo Odilon, a principal característica do tratamento é a medicina não invasiva, que permite cuidados às células mais delicadas, com das do coração e do cérebro.

Carro roubado no RJ é recuperado em estrada rumo ao Paraguai
Um automóvel recentemente roubado no Rio de Janeiro foi recuperado por policiais militares em uma estrada vicinal de Japorã –a 487 km de Campo Grande...
Recesso de fim de ano começa nesta semana no Judiciário e Legislativo
Na reta final de 2017, para alguns servidores a "folguinha" das festas começa mais cedo. Em orgãos Estaduais e Federais de Mato Grosso do Sul, tem re...


Deus abencoe que dê certo! MS precisa de recursos para combate ao câncer.
 
Walkley Santos em 15/08/2012 05:29:39
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions