ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUINTA  09    CAMPO GRANDE 20º

Cidades

Exército destrói 1.158 armas e munições durante Operação Vulcão

9º Batalhão de Suprimento contou com o apoio do 9º Batalhão de Engenharia de Combate e da 14ª Companhia de Polícia do Exército

Por Danielle Valentim | 27/06/2018 11:16
Operação intensifica a entrega e a destruição de armas de fogo e munições apreendidas. (Foto: Exército/Divulgação)
Operação intensifica a entrega e a destruição de armas de fogo e munições apreendidas. (Foto: Exército/Divulgação)
Sistema de Fiscalização de Produtos Controlados da 9ª Região Militar apoiou os trabalhos. (Foto: Exército/Divulgação)
Sistema de Fiscalização de Produtos Controlados da 9ª Região Militar apoiou os trabalhos. (Foto: Exército/Divulgação)

O Exército Brasileiro destruiu 1.158 armas de fogo e munições durante a Operação Vulcão. O armamento havia sido apreendido e estava guardado pelo Tribunal de Justiça do Estado. Ação ocorreu por meio do SisFPC/9 (Sistema de Fiscalização de Produtos Controlados da 9ª Região Militar).

A Operação Vulcão cumpre o Acordo de Cooperação Técnica nº 005/2017, firmado entre o Conselho Nacional de Justiça e o Exército Brasileiro, que intensifica a entrega e a destruição de armas de fogo e munições apreendidas, que interessam a persecução penal e não se adequam às normas para doação.

O 9º Batalhão de Suprimento realizou a destruição definitiva de 1.158 armas de fogo. A atividade contou com o apoio do 9º Batalhão de Engenharia de Combate e da 14ª Companhia de Polícia do Exército.