A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Setembro de 2018

21/06/2018 18:57

Operação do Exército apreende 51 armas de fogo e 2,3 mil munições

Também foram expedidas 11 autuações contra empresas; fiscalização visou a coibir o desvio de armas para o comércio ilegal

Humberto Marques

Realizada pela 9ª Região Militar do Exército Brasileiro, a operação Alta Pressão VI resultou na apreensão, ao longo de três dias, de 51 armas de fogo e 2,3 mil munições, além de expedidas 11 autuações contra empresas. Os números foram divulgados pelo CMO (Comando Militar do Oeste) nesta quinta-feira (21).

A Alta Pressão foi executada por meio do SisFPC (Sistema de Fiscalização de Produtos Controlados) entre terça-feira (19) e esta quinta. O foco principal foi a fiscalização de empresas que lidam, direta ou indiretamente, com produtos controlados pelo Exército –em especial armas de fogo, munições, acessórios e insumos de recarga– a fim de evitar desvios para o comércio ilegal.

A operação foi promovida em Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e no município de Aragarças (GO), que integram a 9ª Região Militar, com apoio de órgãos estaduais de segurança –como as polícias Militar e Federal, Corpo de Bombeiros e Sefaz (Secretaria de Estado de Fazenda de Mato Grosso do Sul). Foram percorridos aproximadamente 8 mil quilômetros e realizadas 44 fiscalizações e 11 autuações de empresas por não atenderem a legislação.

Foram apreendidas 51 armas de fogo, 2,3 mil munições, 8,5 mil espoletas, 161 estojos, 20 armas de “airsoft”, 13 lunetas, uma arma de pressão e 2,5 kg de pólvora.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions