A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

27/02/2009 17:13

Expedido mandado contra aluno que esfaqueou colega

Redação

A Deaij (Delegacia Especializada de Atendimento à Infância e Juventude) recebeu hoje mandado de apreensão do adolescente de 13 anos que esfaqueou um colega dentro da escola. A Polícia tenta capturar o infrator, no entanto, há mais de uma semana não consegue encontrá-lo. A Polícia acredita que algum familiar do garoto esteja escondendo o garoto que tem apenas 13 anos.

Passado o risco de morte, a família da vítima, Vinícius Cardoso, 12 anos, enfrenta agora outro problema: decidir onde o menino irá continuar o ano letivo. O garoto estudava na Escola Municipal Carlos Vilhalva, no Jardim Aeroporto, em Campo Grande, onde foi esfaqueado por um colega de 13 anos, que está foragido.

Sem saber do paradeiro do responsável pela agressão, o pai, Jaime Paes Cardoso, não sabe o que fazer. "Estamos meio perdidos", revela Jaime, que é segurança e estava em férias quando o menino foi esfaqueado.

Ele conta que todos os esforços da família neste momento estão voltados à recuperação de Vinícius. A mãe dele, Dália Cardoso, tem ficado na Santa Casa de Campo Grande, onde Vinícius está internado desde quinta-feira (19/02), quando foi ferido.

O adolescente passou por cirurgias e está na enfarmaria da unidade médica. O pai estima que Vinícius tenha alta médica na segunda-feira (02/03).

Jaime revela que ainda não sabe onde Vinícius irá estudar e que a decisão será complicada porque a Escola Municipal Carlos Vilhalva é a mais próxima da casa da família. Ele tem apenas uma certeza: "Lá não vou deixar mais não".

Ele teme que o adolescente responsável pelos golpes volte a cometer infrações. "Não sei qual a intenão dele mas boa sei que não é", completa.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions