A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

10/05/2013 15:17

Faltando três horas para o fim, Estado ainda não vacinou 125 mil pessoas

Luciana Brazil
Em Campo Grande pouco mais de 90 mil pessoas receberam a vacina, até o momento. (Foto:Arquivo/ Marcos Ermínio)Em Campo Grande pouco mais de 90 mil pessoas receberam a vacina, até o momento. (Foto:Arquivo/ Marcos Ermínio)

Faltando poucas horas para terminar a campanha nacional contra gripe, Mato Grosso do Sul não alcançou a meta. O Estado imunizou, até o momento, 72% da população de risco, segundo o SUS (Sistema Único de Saúde). Estão fora deste percentual os doentes crônicos e a população carcerária. Em todo Estado, até às 14h30, receberam a vacina 330.909 mil pessoas. A meta era vacinar mais de 456 mil pessoas. Faltando menos de três horas para o fim do prazo, cerca de 125 mil pessoas ainda não foram imunizadas. 

Na Capital, onde se esperava imunizar 131.370 mil pessoas, a dose foi recebida por 90.131 mil pessoas. O número representa 68,63% da meta inicial.

A campanha foi prorrogada por duas semanas em todo país, mas ainda assim a população não compareceu nos postos de saúde para receber a imunização.

A campanha teve início em todo país no dia 15 de abril. Cinco dias depois, no dia 20 foi realizado o Dia D, com mutirões de vacinação, em vários municípios.

O público alvo da campanha são os idosos, crianças de seis meses a dois anos, gestantes, profissionais da saúde e indígenas.

A novidade neste ano é que também deveriam ser imunizadas as mulheres que tiveram bebê nos últimos 45 dias, além dos doentes crônicos, que teriam acesso livre aos postos de saúde e os presidiários.

Das 79 cidades do Estado, Santa Rita do Pardo ainda é o município com menor índice de vacinação. Das 1.009 pessoas que deveriam ser imunizadas, apenas 136 compareceram aos postos de saúde, até as 14h30 de hoje, o que corresponde a 13,48% da meta.

Caarapó, a 283 km de Campo Grande, foi a segunda cidade com menor número de pessoas imunizadas. Dos 8,7 mil pessoas, 4.549 receberam a vacina, 52,2% da população de risco.

Já o município de Bandeirantes se destacou na campanha com o maior índice de vacinação no Estado, seguido por Sonora, a 364 km da Capital. Das 1065 pessoas que deveriam receber a vacina em bandeirantes, 1.107 compareceram aos postos, representando 103,94% da meta. Em sonora, receberam a vacina 1.636 mil pessoas, dos 1.576 indivíduos do grupo de risco. O índice foi de 103,81%.

O Ministério da Saúde recomenda aos estados e municípios que não atingiram a meta, reforçar as ações para garantir a cobertura mínima de 80% a todos os grupos.

Brasil: No ano passado, 26 milhões de pessoas foram vacinadas (86,3% do público alvo). Nesse período, o país registrou 420 mortes provocadas por complicações relacionadas à gripe. A maioria das vítimas fazia parte do grupo de risco.

 

Mesmo com prorrogação, vacina contra gripe ainda não atingiu meta
Mesmo depois de prorrogada por mais duas semanas, a campanha de vacinação contra a gripe ainda não atingiu a meta em Mato Grosso do Sul. Segundo o Mi...
Campanha de Vacinação contra a gripe começa nesta segunda-feira
A Campanha Nacional de vacinação contra influenza de 2013 começa a ser realizada nesta segunda-feira (15) e vai até o próximo dia 26. O dia “D” de mo...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions