A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

11/08/2008 16:59

Família de médico atropelado em Dourados cobra Justiça

Redação

Familiares e amigos do médico Eidi Hoshida fizeram um protesto nesta segunda-feira para marcar os dez meses do acidente que o deixou imobilizado. Um abaixo assinado, que também corre pela Internet, pede agilidade na tramitação do caso.

O medico foi atropelado no dia 2 de outubro em acidente envolvendo Ricardo Antônio Pazza Korb, de 18 anos. Na época do acidente, Korb não tinha CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e, de acordo com a família de Hoshida, estava em alta velocidade ela rua Rua João Cândido Câmara. Em uma manobra para entrar na Rua Monte Alegre, o rapaz atingiu o carro do médico.

No acidente, Hoshida teve politraumastismo craniano grave, trauma de tórax, fraturas e derrame pleural. O médico está imobilizado e uma liminar definiu o pagamento de pensão à família, já que ele era o provedor principal.

A família de Hoshida diz que até o momento não foram ouvidas testemunhas e não foram feitas perícias. O inquérito policial do caso também estaria parado.

As informações são do Dourados News que tentou, sem sucesso, ouvir a delegada responsável, Fernanda Félix Carvalho, que está em férias.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions