A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

01/12/2008 08:43

Fetems se reúne com PGE para discutir impacto do piso

Redação

O presidente da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), Jaime Teixeira, e o secretario de políticas municipais da entidade, Amarildo do Prado, estão reunidos na Procuradoria Geral do Estado, com o procurador Rafael Coldibelli.

Os três discutem planilhas apresentadas pela Fetems, com projeções do impacto para o Estado com a implantação da lei do Piso do Magistério.

O estudo foi feito pela Federação, com detalhes, inclusive, sobre reflexos com tmepo maior para os professores fazerem palnejamento. Segundo o levantamento da entidade, a folha passaria de R$ 40 milhões para R$ 45 milhões, apenas com professores da categoria magistério, sem contar os especialistas. Também seria necessária a contratação de cerca de 1.900 novos professores, número já cogitado pelo próprio governo.

A reunião de hoje é a terceira etapa de negociação entre professores e governo sobre a implantação do piso de R$ 950,00 e aumento de 20% para 33% da caraga horária destinada ao planejamento, desde que o governador André Puccinelli, além de Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Ceará entran com Adin (Ação Direta de Inconstitucionalidade) contra a lei.

Na sexta-feira passada, o Sindicato dos Servidores do Magisério de Curitiba apresentarm requerimento ao STF para acompanhar o processo, assim como outras 16 entidades do Ceará.
Mega-Sena acumula de novo e prêmio estimado sobe para R$ 43,5 milhões
Mais uma vez a Mega-Sena ficou sem vencedor na faixa principal e, com isso, a premiação acumulou e pode chegar a R$ 43,5 milhões no próximo concurso,...
Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions