A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

18/06/2008 13:49

Fiocruz instala sede provisória de pesquisa em MS

Redação

A Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) autorizou a instalação um escritório técnico em Campo Grande. O escritório Fiocruz Pantanal e Cerrado vai funcionar de forma provisória na Escola de Saúde Pública, do governo de Mato Grosso do Sul. A previsão é de que até abril de 2009, a unidade definitiva seja licitada.

Conforme o secretário municipal de Saúde, Luiz Henrique Mandetta, o ministro da Saúde José Gomes Temporão vem a Campo Grande no dia 30 para assinar convênios e na agenda, ainda não concluída, está prevista a entrega do terreno para a construção do escritório.

Segundo o epidemiologista Rivaldo Venâncio, responsável técnico provisório da unidade, cerca de 300 pessoas vão atuar no planejamento dos trabalhos do escritório. As linhas prioritárias para ensino e pesquisa da Fiocruz no Estado serão: saúde e população indígenas; meio ambiente e agronegócio; saúde e população fronteiriça; formação Cerrado e Pantanal; biodiversidade; e agravos infecciosos e não infecciosos na região.

As linhas de pesquisa serão discutidas em três seminários. O primeiro está marcado para os dias 3 e 4 de julho centrados na discussão de saúde da população indígena, meio ambiente e agronegócio. Nos dias 13, 14, e 15 de agosto ocorre o seminário sobre saúde da população fronteiriça. E para os dias 11 e 12 de setembro está marcada a discussão sobre os agravos infecciosos.

O objetivo dos seminários, detalha Rivaldo, é evitar que existam conflitos com as pesquisas já aplicadas no Estado e definir as prioridades para cada assunto definido.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions