A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

02/11/2010 19:14

Flanelinha é detido por causar desordem em cemitério

Redação

Djalma dos Santos Calil, 44 anos, foi encaminhado pela Polícia Militar à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), hoje, por volta das 16h50. Ele estaria provocando tumulto em frente ao cemitério Santo Amaro, na avenida Consolação, Vila Santa Dorotheia, em Campo Grande.

Policiais militares foram acionados por populares que visitavam o cemitério neste feriado alusivo ao Dia de Finados. Segundo a população, Djalma exercia a função de flanelinha no local e aparentava estar totalmente embriagado, conforme ocorrência registrada na Depac.

Por conta disso, Djalma incomodava os condutores de veículos que ali estacionavam, por meio de gritos e gestos. Um policial chegou ao cemitério e pediu para que o flanelinha deixasse de importunar as pessoas.

O flanelinha saiu do local, tendo retornado instantes depois e dando início a um novo tumulto. Novamente o policial que estava de prontidão solicitou que Djalma deixasse o lugar, mas ele não acatou a solicitação e passou a questionar o policial.

Uma viatura da Ciptran (Companhia Independente de Policiamento de Trânsito) foi até o cemitério, mas Djalma já tinha saído do local. Rondas foram feitas na tentativa de localizar o flanelinha, que não foi encontrado.

Quando percebeu que a viatura da Ciptran tinha ido embora, Djalma retornou ao cemitério e caminhou em direção ao policial, que pediu que o flanelinha parasse e levantasse a camisa. A ordem foi ignorada e o policial obrigado a prendê-lo.

Para prender o flanelinha, o policial teve de usar de força física moderada para imobilizá-lo. Djalma foi conduzido até a Depac.

Na delegacia ele confirmou ter ingerido bebida alcoólica durante o dia e que realmente estava ajudando os motoristas a estacionarem seus veículos no cemitério. Segundo Djalma, devido a uma discussão que teve com o irmão, ele ficou transtornado e por isso começou a gritar no local.

Ele reconheceu que desobedeceu as ordens policiais e que reagiu no momento de sua detenção. De acordo com o flanelinha, a bebida foi a causa de seu mau comportamento.

Autorização para psicólogos aplicarem terapia de reorientação sexual é mantida
O juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, da 14ª Vara Federal de Brasília, decidiu hoje (15) tornar definitiva a decisão liminar (provisória) que havia pr...
Clientes de banco podem renegociar dívidas no "Caminhão do Quita Fácil"
A partir de segunda-feira (18), clientes das agências da Caixa de Campo Grande terão a possibilidade de renegociar suas dívidas atrasadas há mais de ...
Acordo entre poupadores e bancos vai beneficiar 30% dos que entraram na Justiça
Das 10 milhões de pessoas que entraram na Justiça por perdas no rendimento de cadernetas de poupança, apenas cerca de 3 milhões serão beneficiadas, s...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions