A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

07/10/2008 10:25

Força-tarefa vai investigar assassinatos em série

Redação

Uma equipe do SIG (Serviço de Investigações Gerais) de Dourados foi deslocada para Rio Brilhante, a 161 quilômetros de Campo Grande, onde vai compor uma força-tarefa para investigar assassinatos em série ocorridos desde julho.

Na manhã desta terça-feira uma nova vítima: a adolescente Gleice Kelly da Silva, de 13 anos, foi encontrada semi-nua, em posição de crucificação em um terreno baldio do assentamento Pôr do Sol. A mãe reconheceu o corpo e entrou em desespero. Ela está sendo ouvida pelo delegado da cidade.

A menina, segundo ela, morava com uma tia e teria dito na noite de ontem que iria dormir fora.

Foi o terceiro caso com traços que levam à conclusão de que um maníaco tenha cometido os crimes. Letícia Neves de Oliveira, de 22 anos, encontrada morta no dia 24 de agosto em cima de um túmulo do cemitério da cidade, também em posição de crucificação.

A primeira vítima foi Catalino Gardena, 30 anos, encontrado dia 24 de julho em um terreno baldio com uma facada no peito. Ele também estava na posição de crucificado e tinha no corpo a inscrição INRI (Jesus Nazareno, Reis dos Judeus) escrita à faca.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions