A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 19 de Janeiro de 2018

23/01/2009 13:40

Fraude do gato: novo coordenador será anunciado na 2ª

Redação

Após a descoberta de uma fraude no Bolsa Família em Antônio João, onde um gato recebeu o benefício por cerca de 7 meses, o novo coordenador do programa será escolhido na próxima segunda-feira.

A informação foi confirmada há pouco, ao Campo Grande News, pela secretária de Assistência Social do município, Neuza Carrilho Modesto.

Segundo a secretária, trata-se de um cargo que será indicado pelo prefeito do município, Juneir Martinez Marques (PSDB). Ainda não há informações de quem será o substituto do servidor fraudador.

De acordo com ela, o servidor Eurico Siqueira Rosa, coordenador do Bolsa Família na cidade que burlou o sistema, já confessou ter inserido o nome de seu gato "Billy" na lista dos beneficiários.

O problema surgiu quando as crianças beneficiadas pelo programa precisaram ser pesadas, e "Billy" não apareceu.

Um agente de saúde foi até a casa do coordenador do Bolsa Família, e sua esposa, Raquel Flores, que aparentemente desconhecia a fraude, confirmou que Billy era mesmo o gato da família.

O fato foi levado ao conhecimento da secretária de Assistência Social no dia 19 de novembro do ano passado, e no dia seguinte já foi aberto um processo administrativo para averiguar os fatos.

Além do agente de saúde, duas enfermeiras estavam presentes quando a esposa admitiu o fato, e serviram como testemunhas.

Antes, o funcionário foi questionado sobre o problema, mas negou o envolvimento no esquema. Ele tentou, inclusive, alterar o cadastro, retirando o nome de sua esposa e de seu sobrinho, Anderson, que era cadastrado como filho do casal, e colocando o nome da mãe de Anderson, Marideide, como beneficiária, junto com seus filhos Breno e Andressa.

Entretanto, de acordo com a secretária, "foi só uma tentativa de distorcer os fatos", já que o NIS (Número de Identificação Social) não pode ser alterado.

"Foi um modo que ele achou de tentar provar pra gente que não existia fraude, mas logo ele viu que não tinha jeito e confessou", comentou Neuza Modesto.

Ela já esteve em Campo Grande, onde relatou o fato na Setas (Secretaria de Estado de Assistência Social). Em contato ontem, pelo telefone, com a secretária Tânia Garib, Neuza foi informada de que os coordenadores nacionais do programa Bolsa Família, em Brasília, já estão a par do problema e que estão dispostos a enviar a Antônio João todo apoio necessário para que o novo funcionário exerça bem suas funções.

Recadastramento

Começa na segunda-feira prazo para alunos da UEMS fazerem rematrícula
Quem já é aluno da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) tem prazo de segunda-feira, 22 de janeiro, até a 3 de fevereiro para confirmar ...
Capes recebe até esta sexta-feira inscrições a 400 bolsas de estudo
A Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) recebe até amanhã (19) inscrições para programas no exterior. São 400 vagas dis...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions