A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

18/07/2008 09:43

Governo de MS cria coordenadoria de policiamento aéreo

Redação

Decreto assinado pelo governador André Puccinelli e publicado na edição desta sexta-feira do Diário Oficial criou a Coordenadoria-Geral de Policiamento Aéreo, uma unidade integrada de segurança pública constituída por servidores de carreira das polícias Militar e Civil, pelo Corpo de Bombeiros Militar e por estatutários designados pelo Secretário de Estado.

A função da coordenadoria será a de planejar e executar operações aéreas de segurança pública, de defesa civil, de transporte de autoridades e de apoio aéreo a outros órgãos usando aviões civis.

Hoje, o grupamento de policiamento aéreo usa um helicóptero civil, o do traficante colombiano Juan Carlos Ramirez Abadía, apreendido pela Justiça e repassado ao governo estadual, que é o fiel depositário. Depois que foi apreendido, o helicóptero foi usado pela primeira vez no dia 11 de março pelo governador André Puccinelli para ir à Colônia Penal Agrícola de Campo Grande.

A Coordenadoria-Geral e as Diretorias do Policiamento Aéreo serão ocupadas por um Oficial da Polícia Militar, um Oficial do Corpo de Bombeiros Militar e um Delegado da Polícia Civil indicados pelos chefes de cada instituição e designados pelo Secretário de Segurança Pública, Wantuir Jacini.

Entre as operações aéreas que deverão ser feitas pela polícia aérea estão busca,

salvamento, resgate, cerco, observação de cortejos, controle de tumultos, distúrbios e motins; controle de tráfego rodoviário, ferroviário e urbano; e prevenção e combate a incêndios de qualquer tipo.

Além disso, os aviões civis também poderão ser usados para o transporte de custodiados e policiamento ostensivo de cidades, florestas, mananciais, estradas, rios e lagos; atividades de polícia judiciária e de inteligência e outras ações inerentes à segurança pública.

A coordenadoria será subordinada ao Secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Wantuir Jacini e terá o acionamento das aeronaves somente autorizado pelo próprio governador, pelo secretário de segurança pública ou, em casos de urgência num raio máximo de até cem quilômetros da cidade de Campo Grande, pelo coordenador-geral do policiamento aéreo.

Os aviões e os helicópteros que estarão em uso pelo policiamento aéreo terão os seguintes símbolos e inscrições para serem identificados: na parte traseira a bandeira, o brasão do Estado e a inscrição

Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...
MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions