A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

27/11/2015 08:33

Governo revoga decreto que cortava adicionais de servidores do Inmetro

Leonardo Rocha
Governo revoga decreto que cortava adicionais, após repasse do Inmetro (Foto: Gerson Walber)Governo revoga decreto que cortava adicionais, após repasse do Inmetro (Foto: Gerson Walber)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) revogou o decreto do dia 18 de novembro, que cortava os adicionais de produtividade dos servidores da AEM-MS (Agência Estadual de Metrologia), vinculada ao Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia). Esta ação ocorreu porque foi retomado o repasse de recursos de custeio pelo Inmetro a unidade do Estado.

Com esta mudança os 80 funcionários da AEM-MS, não terão mais redução de 40% dos seus respectivos salários. No dia 19 de novembro, quando o decreto tinha entrado em vigor, um trabalhador chegou a passar mal na unidade ao receber tal notícia.

Naquela oportunidade o secretário estadual de Desenvolvimento, Jaime Verruck, ressaltou que o impasse acontecia em função do governo federal, pois até janeiro enviava R$ 1,6 milhão por atender as necessidades da unidade, em junho este recursos caiu para R$ 850 mil, e naquela oportunidade tinha chegado a R$ 450 mil.

Eles inclusive mandaram um ofício explicando esta mudança, o que gerou este corte dos rendimentos, para que houvesse um ajuste nos gastos do local. O governo publicou hoje (27), no Diário Oficial do Estado, que esta situação foi regularizada, em decorrência dos repasses feitos pelo Inmetro.

Desde o começo do ano, a AEM-MS tem convivido com corte de gastos e condições de serviço, tanto que no primeiro momento devolveu a frota alugada, depois a jornada de trabalho foi reduzida, e inclusive houve demissões de comissionados.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions