A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Agosto de 2017

04/08/2015 09:52

Crise financeira faz Inmetro rescindir contrato com 20 estagiários

Leonardo Rocha
Com corte de gastos em várias áreas, AEM-MS rescinde contrato de 20 estagiários (Foto: Vanessa Tamires)Com corte de gastos em várias áreas, AEM-MS rescinde contrato de 20 estagiários (Foto: Vanessa Tamires)

Em mais uma ação de crise financeira e corte de gastos, a AEM-MS (Agência Estadual de Metrologia de Mato Grosso do Sul), que realiza as atividades do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia) no Estado, resolveu agora rescindir o contrato com o IEL (Instituto Euvaldo Lodi), que previa a concessão de 20 estagiários para a instituição.

Os estagiários em questão se tratavam de estudantes que estivessem frequentando o ensino regular, em em instituições de educação superior, de ensino médio e da educação especial, ofertados pelo IEL, para além de contribuir com as atividades do local, ter a oportunidade de aperfeiçoamento da formação profissional.

Este contrato datado de 1° de janeiro de 2014, foi rescindido em um acordo entre as partes, com efeitos a partir do dia 07 de julho deste ano, publicado hoje (04), no Diário Oficial do Estado. Esta política de contenção de gastos na instituição já teve cortes em pessoal, comissionados, veículos para fazer a fiscalização e até o horário de expediente.

A diretora de Administração e Finanças, Elizandra da Silva Morilho, já havia adiantado que muitos contratos da instituição estavam sendo revistos, com redução de valor em até 50%, lembrando que em alguns casos seriam até rescindidos, como ocorreu neste caso. Ela ressaltou que a equipe disponível ao trabalho estava e desdobrando para cumprir as obrigações e fiscalizações.

Ontem (03) foi estabelecido que a Agência vai atender em meio expediente, das 7h30 até às 13h30, em função dos cortes de repasses federais ao órgão. Nesta oportunidade afetou 13 funcionários de cargo em comissão, que vão perder gratificação de dedicação exclusiva, com redução no vencimento.

Nesta política de contenção já teve a demissão de 20 servidores comissionados endo 14 de gestão operacional, quatro de quatro de Gerência-Executiva, um de Direção-Executiva e um de Gestão Intermediária. Assim como devolução de 12 veículos locados, restando agora 13 a disposição, além de corte de 50% no valor do tíquete-alimentação.

Corte de verba obriga Inmetro a devolver carros e usar "criatividade"
O governo Dilma Rousseff (PT) cortou R$ 750 mil no repasse mensal para a AEM-MS (Agência Estadual de Metrologia de Mato Grosso do Sul). A redução de ...
Cármen Lúcia determina que tribunais divulguem salários de magistrados
A ministra Carmen Lúcia, presidente do STF (Supremo Tribunal Federal) e do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), assinou nesta sexta (18) uma portaria ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions