A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 19 de Junho de 2018

02/06/2009 08:26

Greve mobiliza 60% dos funcionários da Embrapa

Redação

O movimento grevista de funcionários da Embrapa mobilizou mais da metade dos trabalhadores da unidade de Campo Grande. Dos 200 que compõem o quadro, 60% estão em frente à empresa, situada na BR-262, na Vila Popular, em uma manifestação pacífica pelo cumprimento do acordo coletivo firmado no ano passado.

Convocado pelo Sinpaf (Sindicato Nacional dos Trabalhadores de Pesquisa e Desenvolvimento Agropecuário), o movimento é realizado em todo País. De acordo com o presidente da entidade em Mato Grosso do Sul, Vanderlei Severino da Silva, os trabalhadores reivindicam a manutenção de um acordo federal coletivo firmado em 2008, cuja validade ia até 30 de abril deste ano.

Ele explica que o acordo anual costuma ser prorrogado até que o novo seja definido. Mas, neste ano, a empresa suspendeu os benefícios concedidos no ano passado, o que foi apontado como estopim para a greve.

No ano passado, a Embrapa concordou em pagar de 20% a 40% do salário-base dos funcionários. Como a legislação dá brecha para que o valor seja pago sobre o salário mínimo, a empresa suspendeu o benefício já neste mês, sem discutir o assunto, reclama o sindicato.

Além de não aceitar a redução, os trabalhadores alegam trabalhar em péssimas condições, principalmente nos laboratórios. De acordo com o presidente do Sinpaf, não existem áreas específicas de pesquisa e os funcionários manuseiam produtos químicos sem as condições adequadas. "Essa é a realidade dos laboratórios da Embrapa no país inteiro", afirma.

Outras reivindicações do movimento grevista são 15% de reposição da perda salarial, auxílio-creche e reajuste de R$ 1,00 no kit alimentação.

Nesta manhã, os funcionários que aderiram à greve devem permanecer em frente à sede. Os que não quiseram participar do movimento continuam com as atividades normais.

Tribunal condena réu por fraudar assinatura da ex-mulher em cheques
Desembargadores da 3ª Câmara Cível do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) negaram, por unanimidade, recurso a um réu já condenado a repa...
Uems abre inscrições para exames de proficiência em três idiomas
A Proec (Pró-Reitoria de Extensão, Cultura e Assuntos Comunitários) da Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) abriu inscrições para o Exa...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions