A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Janeiro de 2019

09/09/2010 17:38

Grupo discute viabilidade da Pecuária Sustentável em MS

Redação

Representantes do setor varejista, de bancos, frigoríficos, ONGs ambientalistas, produtores rurais e a Embrapa Pantanal discutem hoje, durante reunião do Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável (GTPS) desenvolvido pela Associação Brasileira de Pecuária Orgânica (ABPO Pantanal Sustentável), na Acrissul, no Parque de Exposições Laucídio Coelho, a viabilidade econômica da produção de carne bovina orgânica pela primeira vez no Estado.

O GTPS tem como objetivo discutir e formular normas e práticas capazes de colaborar com a evolução sustentável da cadeia produtiva do gado no Brasil. Para isso reúne representantes de diferentes segmentos que integram a cadeia produtiva da carne bovina.

O sistema de produção de carne bovina orgânica visa o lucro com o mínimo de passivos ambientais, de forma que não polua, não degrade e nem destrua o meio ambiente. O gado orgânico é criado em fazendas certificadas que seguem normas rígidas de certificação orgânica, que determinam um sistema de produção ambientalmente correto.

Estas normas exigem que os produtores cumpram a legislação ambiental, o que garante a proteção das áreas naturais obrigatórias que devem existir dentro de uma propriedade rural, tais como as matas nas beiras dos rios. Além do cumprimento da legislação ambiental, a certificação exige a proteção de nascentes e de corpos d`água, proíbe a utilização de fogo no manejo das pastagens, e por ser um sistema que proíbe o uso de agrotóxicos e químicos, evita a contaminação do solo e dos recursos hídricos.

Grupo de Trabalho - O GTPS, criado em 2007, é formado por representantes das indústrias e de organizações do setor, associações de pecuaristas, varejistas, bancos, organizações da sociedade civil, centros de pesquisa e universidades. Em 30 de agosto de 2009 o Grupo foi formalizado como uma Associação, sem fins lucrativos.

As decisões do GTPS são votadas por setores representativos, ou seja, cada participante deve integrar um dos setores representativos previstos pelo GTPS, sendo eles: Produtores (pecuaristas), Indústria (Frigoríficos e processadores), Comércio e Serviços (varejo), Bancos e Organizações da Sociedade Civil. Cada setor tem direito a um voto em plenária e as decisões são tomadas por consenso.

PF pede 90 dias para fechar inquérito sobre atentado contra Bolsonaro
A Polícia Federal (PF) pediu hoje (16) à Justiça Federal em Minas Gerais mais 90 dias para encerrar o inquérito que apura quem são os responsáveis pe...
Com 3 sorteios na semana, Mega-Sena pode pagar até R$ 27 milhões, amanhã
A Mega-Sena pode pagar até R$ 27 milhões nesta quinta-feira (17) para quem acertar as seis dezenas do prêmio. Nesta semana, excepcionalmente, como pa...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions