A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

13/12/2009 07:39

Homem aciona PM após briga com namorada e acaba preso

Redação

Após ter se desentendido com a namorada, Ilton Roberto Oliveira dos Santos, de 39 anos, acionou a Polícia, hoje à 1h50. Mas, acabou detido porque estava dirigindo embriagado. O caso ocorreu em Caarapó, município que fica a 275 quilômetros de Campo Grande.

Ilton contou à Polícia que ele e a namorada haviam discutido, e por isso ela não queria sair de seu carro, um veículo Gol, de placas HSC-9947. Ele chamou então a Polícia Militar, para que a namorada concordasse em sair.

Contudo, quando os policiais chegaram ao local Ilton foi submetido ao teste de alcoolemia, cujo resultado indicou que ele dirigia embriagado.

O motorista foi então detido pelos policiais e encaminhado para a delegacia.

Imprudência - Em Três Lagoas, a 339 quilômetros da Capital, Luiz Henrique Publio, de 29 anos, também foi flagrado dirigindo embriagado. Ele conduzia o veículo Corsa Sedan, de placas EDO-0823, de Andradina (SP).

Segundo a Polícia, Luiz estava em alta velocidade e praticando manobras perigosas, como derrapagem e arrastamento dos pneus. Ao ser abordado, ele exalava forte odor etílico e tinha dificuldades para se expressas, segundo os policiais. Ele foi detido e o veículo removido para o pátio do Detran.

Joel Vieira de Souza, de 35 anos, também foi flagrado dirigindo embriagado nesta madrugada, em Maracaju, a 163 quilômetros de Campo Grande.

Autorização para psicólogos aplicarem terapia de reorientação sexual é mantida
O juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, da 14ª Vara Federal de Brasília, decidiu hoje (15) tornar definitiva a decisão liminar (provisória) que havia pr...
Clientes de banco podem renegociar dívidas no "Caminhão do Quita Fácil"
A partir de segunda-feira (18), clientes das agências da Caixa de Campo Grande terão a possibilidade de renegociar suas dívidas atrasadas há mais de ...
Acordo entre poupadores e bancos vai beneficiar 30% dos que entraram na Justiça
Das 10 milhões de pessoas que entraram na Justiça por perdas no rendimento de cadernetas de poupança, apenas cerca de 3 milhões serão beneficiadas, s...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions