A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

17/06/2010 18:54

Homem que matou esposa a facadas já tem outro homicídio

Redação

O pedreiro Admilson Soares dos Santos, 35, que matou a esposa Sueli Gomes de Souza, de 39 anos, na madrugada do dia 6 deste mês, na rua Itapeva, Jardim Aeroporto, em Campo Grande, já possui mandado em aberto por homicídio ocorrido em 1997 contra Marcio da Silva Veiga.

De acordo com informações da 7ª Delegacia de Polícia Civil, rondas foram feitas em um assentamento localizado na zona rural de Campo Grande, na tentativa de que o fugitivo fosse localizado, mas até o momento sem êxito.

Admilson, por telefone, chegou a confessar o crime à polícia. Ele morava com Sueli há dois anos e a matou a facadas, pois sentiu ciúmes dela com o amigo "Leco", durante uma festa realizada na residência do casal.

O casal não tinha filhos em comum, mas o filho da vítima, de 8 anos, estava com eles no local. Ele presenciou a morte da mãe.

A polícia fez buscas na região, mas não conseguiu localizar o autor do crime. A filha da vítima, de 21 anos, ligou no celular dele e, por telefone, ele confessou o crime e disse ao delegado João Belo Reis, da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), que iria se apresentar.

Segundo a filha de Sueli, o casal não tinha histórico de brigas e vivia bem junto. Seu irmão foi retirado de casa pelo avô materno, pois, teria ficado transtornado com o caso.

Enquanto isso, policiais da 7ª DP estão realizando diligências na região para tentar encontrar o foragido. Apesar de ter cometido o crime em 1997, Admilson possui mandado de prisão preventiva desde 2002.

A 7ª Delegacia de Polícia Civil repassou a foto do foragido para publicação. Quem souber o paradeiro dele pode ligar para os telefones (67) 3363-0111 ou 3363-8554.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions