A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

20/02/2015 19:10

Horário de verão: Sudeste e Centro-Oeste poupam o dobro do consumo de Brasília

Yara Aquino, da Agência Brasil
Horário de verão tem proporcionado a diminuição do consumo de energia em quase 2 mil megawatts. (Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)Horário de verão tem proporcionado a diminuição do consumo de energia em quase 2 mil megawatts. (Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Na véspera do fim do horário de verão, o Ministério de Minas e Energia estima que a redução da demanda de energia entre as 18h e as 21h tenha sido de até 1.970 megawatts (MW) no Subsistema Sudeste/Centro-Oeste, equivalente ao dobro do consumo de Brasília em todo o período em que esteve em vigor.

No Subsistema Sul, segundo o ministério, a redução foi 625 MW, correspondendo a um total de 4,5% de economia em ambos os sistemas.

A previsão de ganhos com a redução do consumo total de energia é de cerca de 195 MW médios no subsistema Sudeste/Centro-Oeste, que equivale ao consumo mensal da cidade de Brasília, e 55 MW médios no Subsistema Sul, equivalente ao consumo mensal de Florianópolis.

A redução total de 250 MW corresponde a um percentual estimado de 0,5%, nos dois subsistemas. Além disso, estima-se que ocorreu um ganho de armazenamento de energia nas hidrelétricas de 0,4% no Sistema Sudeste/Centro-Oeste e 1,1% no sistema Sul.

O horário de verão começou no dia 19 de outubro de 2014 para os estados das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste e termina à 0h de domingo (22).

O principal objetivo do horário de verão é aproveitar melhor a luminosidade natural do dia, reduzindo o consumo de eletricidade no fim da tarde, quando é registrada maior demanda por energia. Recentemente, o pico de consumo tem ocorrido no início da tarde, principalmente por causa do aumento do uso de aparelhos de ar condicionado.

Este ano, o governo avaliou a prorrogação da vigência do horário de verão por causa da falta de chuvas, que prejudica os reservatórios das hidrelétricas, mas concluiu que o custo-benefício não valeria a pena.

MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...
Governo Federal reduz período do horário de verão para 2018/19
O presidente Michel Temer assinou hoje (15) um decreto reduzindo em duas semanas o horário de verão em 2018. No ano que vem, a medida começará a vale...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions