A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 20 de Junho de 2018

04/08/2009 21:58

Incra programa 2ª etapa do mutirão de documentação rural

Redação

O Incra/MS (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) e a Delegacia Federal do MDA (Ministério do Desenvolvimento Agrário) no Estado discutiram, na manhã desta terça-feira, o planejamento da segunda etapa dos mutirões de documentação da trabalhadora rural de 2009.

Os próximos atendimentos deverão ser feitos nos meses de outubro e novembro em Naviraí (20 e 21/10), Itaquiraí (22 a 22), Eldorado (26 e 27), Japorã (28 a 30), Mundo Novo (4 e 6/11), Iguatemi (9 e 10) e Tacuru (11 e 12).

Para Celso Arruda, delegado do MDA no Estado, a importância dos mutirões transcende o ato de levar documentos ao trabalhador rural. "O programa leva possibilidade de acesso à cidadania", enfatiza.

Na primeira etapa dos mutirões, o Incra/MDA e as entidades parceiras realizaram dez mutirões. O primeiro deles foi promovido em parceria com a Ajufe (Associação dos Juízes Federais do Brasil) e alcançou a população ribeirinha de seis portos do rio Paraguai (Portos da Manga, Albuquerque, Morrinho, Esperança, Coimbra e Barranco Branco). Na ocasião, foram feitos 2.545 atendimentos gerais e emitidos 1.085 documentos.

Os mutirões seguintes foram realizados em nove municípios do vale do Ivinhema: Novo Horizonte do Sul, Nova Andradina, Batayporã, Bataguassu, Angélica, Santa Rita do Pardo, Anaurilândia, Taquarussu e Ivinhema, com 2.666 documentos emitidos e 8.768 atendimentos gerais realizados.

Durante os mutirões, os trabalhadores rurais podem obter carteira de identidade, CPF (Cadastro de Pessoa Física), carteira de trabalho e registro de nascimento. Além da documentação, são oferecidos atendimentos nas áreas de Saúde (vacinação de crianças e adultos, orientações odontológicas), Direito (atendimentos diversos da Defensoria Pública Federal), Assistência Social (com palestras sobre Planejamento Familiar e Abuso e Exploração Sexual), INSS (informações sobre aposentadoria e previdência social).

Tribunal condena réu por fraudar assinatura da ex-mulher em cheques
Desembargadores da 3ª Câmara Cível do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) negaram, por unanimidade, recurso a um réu já condenado a repa...
Uems abre inscrições para exames de proficiência em três idiomas
A Proec (Pró-Reitoria de Extensão, Cultura e Assuntos Comunitários) da Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) abriu inscrições para o Exa...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions