A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

27/05/2010 09:12

Iniciada maratona de três obras para acabar com enchente

Redação

Três obras consideradas "monstruosas" são apresentadas como solução aos problemas de enchente, que penalizam Campo Grande.

As frentes de trabalho serão concentradas nas imediações do residencial Cachoeirinha, na região do Shopping Campo Grande e Avenida Mato Grosso, segundo detalhou o secretário municipal de Obras, João Antônio de Marco.

Hoje teve início a operação corta rio, que fará uma espécie de desvio na cachoeira do córrego Prosa que passa pelo condomínio.

A previsão é que as obras no local sejam concluídas em cinco meses, período em que a cachoeira ficará seca.

Uma tubulação de 320 metros levará água de um ponto antes da queda d'água até a Rua Nova Era, esquina com a avenida Ricardo Brandão.

Em frente ao condomínio será feita galeria celular de concreto, que é subterrânea, para suportar o fluxo de água.

A previsão é que todo este projeto, que inclui também a conclusão de mais três alças e liberação da Ricardo Brandão, seja concluído em cinco meses.

Serão investidos para a recuperação deste trecho R$ 10 milhões.

O recurso é parte dos R$ 20 milhões que o governo federal repassou para obras contra enchente.

Nas três obras serão investidos R$ 22 milhões, dos quais R$ 2 milhões são referentes à contrapartida da prefeitura.

Já as outras duas obras devem começar em 20 dias.

Para resolver o problema do cruzamento das Avenidas Mato Grosso e Via Park, serão feitas intervenções desde a região do Córrego Sóter, onde haverá outra galeria celular.

A terceira galeria sairá do Córrego Prosa à Rua Paulo Coelho Machado.

Para fazer esta intervenção, a tubulação passará por dentro do estacionamento do Shopping Campo Grande.

"Por isso foram feitas desapropriações na região", completa o secretário.

Ele explica que a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) será acionada para controlar o tráfego no local, que poderá ficar tumultuado devido às obras. "Será uma bagunça organizada", define o secretário. As obras serão realizadas de forma simultânea por diferentes empresas.

Segundo De Marco, a prefeitura enviou carta-convite às empreiteiras, por se tratar de obra emergencial. Desta forma, a empresa apresenta o preço e a prefeitura escolhe o valor mais vantajoso. As obras na Mato Grosso e no estacionamento do Shopping devem ter início em 20 dias.

Conforme o prefeito Nelsinho Trad (PMDB), a obra na Ceará deve ser entregue até início de dezembro. "Nesta área [ao lado da cachoeira] vai ter uma praça, espaço para poder fazer caminhadas, parque para crianças e local contemplativo: uma passarela para que as pessoas possam vir e contemplar essa parte bonita da natureza", afirmou.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions