A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 14 de Novembro de 2018

01/09/2008 21:51

INSS deve mudar critério de benefício a família de preso

Redação

O INSS (Instituto Nacional de Seguro Social) deve mudar até janeiro de 2008 o critério de pagamento do auxílio-reclusão às famílias de detentos.

A mudança foi imposta por determinação da Justiça Federal e vale para todo País. Atualmente, só têm direito ao benefício dependentes do presos que ganhava até R$ 676,27 de salário, em valores atualizados.

Com a decisão da juíza Márcia Maria Nunes de Barros, da 37a Vara Federal do Rio de Janeiro, passa a contar para a concessão do auxílio a renda bruta mensal dos dependentes e não a renda do detido. O pedido da revisão do critério foi feito há um ano pelo procurador da República José Soares.

Pelo sistema atual, se o preso tivesse um salário maior que R$ 676,27  antes da reclusão, sua família não tem direito ao auxílio-reclusão, ainda que ninguém trabalhe e a renda seja zero.

A juíza deu prazo para que o INSS cumpra a decisão até janeiro de 2009, sob pena de multa diária de R$ 1 mil por caso. As informações são do Ministério Público Federal (www.mpf.gov.br).

O INSS informou, por meio de sua assessoria, que vai recorrer da decisão. Em julho, foram pagos 21.856 benefícios por auxílio-reclusão, que corresponderam a R$ 11,1 milhões, com valor médio fixado em R$ 509. Segundo o Ministério da Justiça, o Brasil tem hoje 430 mil presos.(Com informações da Agência Brasil)

Em audiência, ANS discute nova proposta de reajuste de planos de saúde
A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) propôs hoje (13), em audiência pública, uma nova metodologia para o cálculo do reajuste anual dos plano...
Mega-Sena pode pagar até R$ 33 milhões no sorteio desta quarta-feira
Amanhã (14) o sorteio da Mega-Sena pode pagar até R$ 33 milhões para quem acertar as seis dezenas do prêmio principal. A rodada chegou esse valor dep...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions