A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

12/05/2016 15:19

Após protestos, trabalhadores se reúnem com o Ministério do Trabalho hoje

Priscilla Peres
Funcionários protestaram em frente a sede do MPT hoje. (Foto: Divulgação)Funcionários protestaram em frente a sede do MPT hoje. (Foto: Divulgação)

Representantes dos trabalhadores da cerâmica Fênix em Rio Verde de MT - distante 207 km de Campo Grande, tem uma audiência marcada para esta tarde com o Ministério Público do Trabalho, em Campo Grande.

Após protestos ontem no município e na BR-163, cerca de 30 trabalhadores e sindicalistas vieram para Campo Grande pedir uma reunião com o MPT. A cerâmica emprega 200 trabalhadores, que estão há 2 meses sem receber salários.

O décimo terceiro de 2015 também ainda não foi pago e o sindicato afirma que os trabalhadores não estão recebendo os equipamentos de proteção individual, o que coloca em risco a integridade física deles.

"Tem gente sem dinheiro até para comprar comida. Estes problemas se arrastam há meses, já demos prazo suficiente para a empresa resolver e nada", disse José Abelha, presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil e do Mobiliário de Campo Grande.

A reunião de hoje será para falar das questões trabalhistas e cobrar ações do Ministerio Público, para resolver a situação. As atividades da fábrica estão paralisadas desde o dia 22 de abril.

 

Funcionários de cerâmica fecham BR-163 em protesto por atraso de salário
Trabalhadores da Cerâmica Fênix fecharam na manhã de hoje (11) o KM 682 da BR-163 em Rio Verde, cidade localizada a 207 quilômetros de Campo Grande. ...
Com 13° e salário atrasados, 200 funcionários protestam contra cerâmica
Cerca de 200 funcionários da cerâmica Fênix, em Rio Verde de MS - distante 207 km de Campo Grande, paralisaram as atividades hoje para reivindicar o ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions