A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 19 de Dezembro de 2018

07/12/2018 09:58

Banho de sangue continua na fronteira e mais um é morto a tiros na rua

Homem de 38 anos foi executado nesta manhã em Ponta Porã; terceiro assassinato em dois dias na cidade fronteiriça

Helio de Freitas, de Dourados
Homem foi morto a tiros no bairro Alto da Glória, em Ponta Porã (Foto: Direto das Ruas)Homem foi morto a tiros no bairro Alto da Glória, em Ponta Porã (Foto: Direto das Ruas)

A violência segue fora de controle na fronteira do Brasil com o Paraguai. Nesta manhã, Marlon Martins, 38, conhecido como Magrão, foi morto a tiros em Ponta Porã, a 323 km de Campo Grande.

Marlon Martins foi morto na calçada de sua casa, na Rua Areia Branca, no bairro Alto da Glória, localizado na região do Grande Marambaia. O corpo ainda está no local.

A empregada da casa disse que os pistoleiros chegaram ao local e chamaram por Marlon. Quando ele saiu na calçada, foi morto com vários tiros. Ele era de Santa Catarina e morava em Ponta Porã para a mulher estudar medicina no Paraguai.

É o terceiro assassinato em dois dias na cidade vizinha de Pedro Juan Caballero, no lado paraguaio. As duas cidades são marcadas por uma disputa sangrenta entre grupos criminosos que tentam controlar o tráfico de drogas e armas na Linha Internacional.

Na quarta-feira, o comerciante Wanderley Almeida e o tatuador paraguaio Nicanor Garay Ovelar foram mortos por pistoleiros no intervalo de seis horas em Ponta Porã.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions