A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

11/05/2016 09:16

Chuva forte alaga casas, leva pontes e volta a causar prejuízos em cidade

Renata Volpe Haddad
O rio Amambai subiu mais de 7 metros, sobrepondo a ponte que dá acesso à Escola Agrícola. (Foto: Defesa Civil/ Divulgação)O rio Amambai subiu mais de 7 metros, sobrepondo a ponte que dá acesso à Escola Agrícola. (Foto: Defesa Civil/ Divulgação)

As chuvas que atingem municípios da região Sul de Mato Grosso do Sul, voltam a causar danos e as obras que estavam sendo feitas devido aos estragos causados no fim do ano passado em Amambai, distante 360 km de Campo Grande, como construção de pontes e cascalhamento de estradas vicinais, foram prejudicadas.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil do município, continua chovendo no município e isso tem causado preocupação. "Vários pontos que estavam sendo recuperados foram prejudicados e pontes importantes de acesso as fazendas, foram levadas pelas chuvas. Temos 1,2 mil quilômetros de estradas vicinais, e estamos apurando quantas pontes caíram e qual o nível de estrago dos locais".

O rio Amambai subiu mais de 7 metros, sobrepondo a ponte. Essa é uma importante região produtora, na divisa entre Amambai e Aral Moreira, sendo a ponte que dá acesso à Escola Agrícola.

"O rio Cangueri foi totalmente assoreado e transformado em lodo. A terra invadiu o leito. Outro pronto é a estrada rural que dá acesso à Fazenda Santa Madalena e Assentamento Sebastião Rosa da Paz. Tubulação estourou com o volume de água".

A Secretaria de Infraestrutura e Defesa Civil estarão em pelo menos outros cinco pontos, onde avarias foram identificadas por moradores das fazendas, nesta quarta-feira (11).

Na área urbana, na Vila Cristina, o volume de chuva foi tão grande que causou alagamentos, invadindo casas dos moradores do local. Como medida de resolução, em primeiro momento foi realizado o bombeamento da água que havia no interior das residências e em seguida construído um sistema de drenagem no asfalto.

Sistema de drenagem no asfalto está sendo construído após água das chuvas alagar residências na Vila Cristina. (Foto: Defesa Civil/ Divulgação)Sistema de drenagem no asfalto está sendo construído após água das chuvas alagar residências na Vila Cristina. (Foto: Defesa Civil/ Divulgação)
Na Vila Cristina, área urbana, o volume de chuva foi tão grande que causou alagamentos, invadindo casas dos moradores do local. (Foto: Defesa Civil/ Divulgação)Na Vila Cristina, área urbana, o volume de chuva foi tão grande que causou alagamentos, invadindo casas dos moradores do local. (Foto: Defesa Civil/ Divulgação)
O rio Cangueri foi totalmente assoreado e transformado em lodo. (Foto: Defesa Civil/ Divulgação)O rio Cangueri foi totalmente assoreado e transformado em lodo. (Foto: Defesa Civil/ Divulgação)
Tubulação da estrada rural que dá acesso à Fazenda Santa Madalena e Assentamento Sebastião Rosa da Paz foi levada pelas chuvas.  (Foto: Defesa Civil/ Divulgação)Tubulação da estrada rural que dá acesso à Fazenda Santa Madalena e Assentamento Sebastião Rosa da Paz foi levada pelas chuvas. (Foto: Defesa Civil/ Divulgação)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions