A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

14/01/2016 09:27

Chuva tira 190 pessoas de casa e 47 famílias já estão desabrigadas

Liana Feitosa
Na Ponte Nova, o fluxo de veículos é mantido, mas com lentidão. A água invadiu a pista e dificulta o tráfego. (Foto: Aquidauana News)Na Ponte Nova, o fluxo de veículos é mantido, mas com lentidão. A água invadiu a pista e dificulta o tráfego. (Foto: Aquidauana News)

Sobe para 47 o número de famílias desabrigadas devido às chuvas e ao aumento do nível de rios nas cidades de Aquidauana, Anastácio, Dois Irmãos do Buriti, Miranda e Coxim. Com isso, mais de 190 pessoas estão fora de casa. Nível do Rio Aquidauana está 6,29 metros acima do normal.

Segundo o coordenador da Defesa Civil de Aquidauana, são 10 famílias abrigadas na escola municipal do Rotary Clube, em Aquidauana, com 34 pessoas. Na escola Cândido Mariano são mais 21 famílias, totalizando 84 pessoas.

Em Anastácio, são 10 famílias desabrigadas e cerca de 50 pessoas fora de casa, de acordo com o coordenador da Defesa Civil de Anastácio, Ademir de Jesus Arruda.

Pontes - O Rio Aquidauana, que separa as cidades irmãs de Anastácio e Aquidauana, já atingiu 9,29 metros na manhã desta quinta-feira (14). A Ponte Velha Roldão de Oliveira ainda funciona em regime de escala devido à interdição parcial durante reforma da estrutura.

Desta forma, veículos, pedestres, motociclistas e ciclistas ficam autorizados a usar a Ponte Velha somente das 6h às 8h, das 11h às 14h e das 16h às 20h.

Nível do rio ultrapassou área conhecida como prainha de Anastácio. (Foto: Carlos Guessy)Nível do rio ultrapassou área conhecida como prainha de Anastácio. (Foto: Carlos Guessy)

Na Ponte Nova, o fluxo de veículos é mantido, mas com lentidão. A água invadiu a pista e dificulta o tráfego. A expectativa dos órgãos locais é que seja construída uma passarela em caráter de emergência para possibilidades o trânsito de pedestres, mas a profundidade da água ainda não permitiu a construção da alternativa.

Palmeiras - Em Dois Irmãos do Buriti, a 83 quilômetros de Campo Grande, o Rio Aquidauana ainda afeta famílias ribeirinhas na região de Palmeiras. O nível da água está em 6,81 metros, mas baixou 16 centímetros desde às 15h de ontem (13). Três famílias estão desabrigadas.

"Continuamos em alerta porque outros problemas ocorrem após uma cheia, como transmissão de doenças e aumento no número de casos de dengue, por exemplo. Sem contar que pode ser que chova mais ainda", detalha Ronaldo Ângelo, coordenador da Defesa Civil de Dois Irmãos.

A cidade irá decretar situação de emergência devido aos estragos contabilizados em parte da área urbana e rural. Pontes caíram e estradas estão intransitáveis devido às chuvas.

Coxim - Em Coxim, a 260 quilômetros da Capital, o rio baixou de ontem (13) para hoje (14) e está em 4,56 metros. Uma família está desabrigada, não chove na cidade e a situação está controlada.

 

*Matéria editada às 9h57 para atualização de informações.

Água invade comércios que ficam próximos à praia do Rio Aquidauana, em Anastácio. (Foto: Carlos Guessy)Água invade comércios que ficam próximos à praia do Rio Aquidauana, em Anastácio. (Foto: Carlos Guessy)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions