A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 14 de Outubro de 2019

19/02/2019 18:45

Cinco anos depois, ex-vereadores terão de devolver pagamento por sessão extra

Decisão da Justiça de Anaurilândia atinge 9 vereadores que, em dezembro de 2013, receberam R$ 1 mil cada um para participar de sessão extraordinária

Humberto Marques
Decisão de juiz de Anaurilândia determinou devolução de valores pagos a nove vereadores. (Foto: Jornal da Nova/Arquivo)Decisão de juiz de Anaurilândia determinou devolução de valores pagos a nove vereadores. (Foto: Jornal da Nova/Arquivo)

O juiz Bruno Palhano Gonçalves, de Anaurilândia –a 371 km de Campo Grande–, acatou pedido apresentado pelo MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) e determinou que os vereadores que integraram a legislatura de 2013 a 2016 do município restituam valores recebidos por participação em sessão extraordinária no dia 19 de dezembro de 2013. Conforme os autos, cada um dos integrantes da Casa recebeu R$ 1 mil.

A denúncia foi oferecida pelo promotor Allan Thiago Barbosa Arakaki, segundo quem todos os ex-vereadores contrariaram artigo da Constituição Federal que veda o pagamento de parcela indenizatória por convocação extraordinária. Conforme a acusação, o então presidente da Câmara autorizou o pagamento da sessão aos nove vereadores, representando um dano ao erário de R$ 9 mil.

No processo, consta que os pagamentos foram realizados com base em uma lei municipal, de 2012, e no regimento da Câmara de Anaurilândia, que confrontam o artigo 57 da Constituição Federal –determinado por emenda em 2006 que impede o pagamento a parlamentares por participação em sessões extraordinárias.

Pela sentença, os ex-vereadores deverão devolver os valores recebidos irregularmente atualizados pelo IGPM (Índice Geral de Preços de Mercado) desde a data de recebimento e corrigidos com juros de mora de 1% ao mês após a citação. Cabe recurso.

Sessões extras de vereadores em dezembro vão custar R$ 100 mil
A Câmara e a prefeitura de Rio Brilhante - distante 163 km de Campo Grande, vão gastar mais de R$ 100 mil este mês, com a realização de quatro sessõe...
Câmara fará sessões extraordinárias para votar desvinculação das receitas
A Câmara fará, em três dias, seis sessões consecutivas para votar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da Desvinculação das Receitas da União (D...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions