ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, TERÇA  20    CAMPO GRANDE 24º

Interior

Com mergulhadores, bombeiros mantêm busca por criança que sumiu no Rio Paraguai

O povoado fica na Serra do Amolar, distante até oito horas de barco da área urbana de Corumbá

Por Aline dos Santos | 28/09/2020 11:44
Criança caiu de barranco e desapareceu no Rio Paraguai, que corre pela Serra do Amolar. (Foto: Ecoa)
Criança caiu de barranco e desapareceu no Rio Paraguai, que corre pela Serra do Amolar. (Foto: Ecoa)

Com mergulhadores, a busca do Corpo de Bombeiros por uma criança de dois anos, que desapareceu no Rio Paraguai, prossegue nesta segunda-feira (dia 28), em Corumbá.

A criança caiu do barranco na tarde de sábado (dia 26) e ribeirinhos acionaram bombeiros que combatiam incêndios na Barra do São Lourenço, onde o Pantanal é devorado pelas chamas. Ela mora em frente ao barranco, às margens do rio, e estava acompanhada dos pais.

Conforme o Corpo de Bombeiros de Corumbá, a busca continua hoje. O povoado fica na Serra do Amolar, distante de seis a oito horas de barco da área urbana. O tempo da viagem depende das condições de navegabilidade do Rio Paraguai.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário