A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

16/06/2016 11:55

Com reforço na segurança, traficante é velado e enterrado em Ponta Porã

Viviane Oliveira
Quadra onde fica o memorial foi interditada pela polícia durante o velório do traficante. (Foto: Capitanbado) Quadra onde fica o memorial foi interditada pela polícia durante o velório do traficante. (Foto: Capitanbado)

Com reforço na segurança, o corpo do empresário e traficante Jorge Rafaat Toumani, 56 anos, foi veleado e enterrado por volta das 11h, no Cemitério Cristo Rei, em Ponta Porã, distante 323 quilômetros de Campo Grande. Ele foi executado a tiros de arma de guerra na noite de ontem (15), no Centro de Pedro Juan Caballero.

Jorge começou a ser velado à 1h de hoje no Memorial Pax Primavera, na Avenida Brasil. Segundo a atendente da funerária, Elvia Calonga, a quadra onde fica o memorial foi interditada pela Polícia Militar. “Só entrava e saía o carro da funerária”, diz.

O aparato policial garantiu que o velório do empresário e o trajeto até o cemitério ocorresse normalmente. Ainda segundo a funcionária, muita gente compareceu ao local e nem um contratempo foi registrado.

O veículo blindado de Jorge Rafaat Toumani foi alvo de disparos de armamento calibre .50, usado em táticas antiaéreas pelas Forças Armadas. A arma estava acoplada na parte traseira de uma camionete Toyota Hilux SW4, onde estavam os executores.

Duas empresas de Rafaat foram incendiadas nas primeiras horas de hoje, em Pedro Juan Caballero. Em uma delas, na loja Pneus Porã, o fogo destruiu parte das instalações do imóvel. Oito homens, entre eles paraguaios e brasileiros, foram presos suspeitos de participação na execução. 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions