ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, SEXTA  27    CAMPO GRANDE 29º

Interior

Com sete na disputa, candidatos a prefeito ampliam reuniões e caminhadas

Em duas semanas de campanha, candidatos intensificam “corpo a corpo” nos bairros

Por Helio de Freitas, de Dourados | 16/10/2020 17:06
Alan Guedes, candidato do PP, caminha em bairro de Dourados (Foto: Divulgação)
Alan Guedes, candidato do PP, caminha em bairro de Dourados (Foto: Divulgação)

Depois da redemocratização do País com o fim do regime militar e a promulgação da Constituição Federal de 1988, o município de Dourados nunca teve tanto candidato a prefeito em uma única eleição como em 2020. São sete postulantes ao posto de chefe do Executivo disputando os votos de 164,5 mil eleitores da mais populosa cidade do interior de Mato Grosso do Sul.

Diretamente afetada pela pandemia do novo coronavírus, a campanha foi liberada há 15 dias, mas foi nesta semana que os candidatos começaram a intensificar o contato com os eleitores. Reuniões, caminhadas e gravação para o programa eleitoral no rádio e na TV, iniciado há uma semana, ocupam boa parte das agendas.

Como tem menos de 200 mil eleitores. Dourados não possui segundo turno na eleição municipal e o novo prefeito será conhecido no mesmo dia da votação, em 15 de novembro.

Alan - “Estamos aproveitando esse período que as pessoas ficam mais em casa para intensificar as visitas, reuniões e caminhadas, sempre respeitando as medidas de biossegurança”, afirmou o candidato a prefeito pela coligação “Respeito por Dourados”, Alan Guedes (PP).

Dividindo o tempo entre os compromissos como presidente da Câmara de Vereadores e a agenda da campanha, Alan esteve em pelo menos 12 bairros nesta semana. “E no final de semana vai ser assim, para levar nossa proposta aos eleitores”, disse ele.

Candidato do PTB, Wilson Matos (Foto: Divulgação)
Candidato do PTB, Wilson Matos (Foto: Divulgação)

Wilson Matos – Primeiro índio a disputar a Prefeitura de Dourados, o candidato a prefeito pela coligação “Igualdade para Todos”, advogado Wilson Matos (PTB) priorizou caminhadas e reuniões nos primeiros dias e lança a candidatura neste sábado (17), no Espaço Ubiratan. Ainda amanhã e no domingo ele participa de carreatas e de reuniões na aldeia Bororó e distrito de Picadinha.

“Tanto eu como os demais companheiros do PTB e dos partidos que se juntaram ao nosso projeto temos claro que esta será uma luta de Davi contra Golias, mas estamos confiantes, fazendo campanha propositiva, sem ataques e com humildade”, afirmou Wison Matos.

Jeferson Bezerra, do PMN (Foto: Divulgação)
Jeferson Bezerra, do PMN (Foto: Divulgação)

Jeferson Bezerra – Único candidato sem tempo no horário eleitoral por causa da cláusula de barreira, Jeferson Bezerra, do PMN, diz que faz campanha humilde e com o mínimo de recursos. “Não temos grandes ajudas e, portanto, nos restringimos a ações no Facebook, Youtube, Instagram e Twitter contando com ajuda de colaboradores voluntários e alguns parceiros valorosos que acreditam em nossa candidatura”.

Bezerra diz que tem feito visitas e caminhado por Dourados para expor suas propostas. “Pretendo reforçar ainda mais minha campanha nas redes sociais, pois entendo que demandará poucos recursos para isso. Não temos horário em rádio e TV, por isso nosso esforço deve ser maior para fazer chegar aos eleitores as nossas propostas. Vamos intensificar a partir de agora o corpo a corpo, respeitando normas de controle da epidemia”.

Barbosinha, candidato do DEM, com o presidente da Associação Comercial (Foto: Divulgação)
Barbosinha, candidato do DEM, com o presidente da Associação Comercial (Foto: Divulgação)

Barbosinha – O candidato coligação “Renovar é o nosso desafio”, José Carlos Barbosa, o Barbosinha (DEM), informou que após a primeira semana da propaganda eleitoral vai intensificar as reuniões e visitas, prometendo respeitar medidas de biossegurança e de contenção aos riscos do coronavírus.

Segundo a assessoria, Barbosinha e o candidato a vice Valdenir Machado (PSDB) têm sido convidados para média diária de 4 a 6 encontros em casas de amigos, junto com os candidatos a vereador.

Nesta quinta-feira (15), o candidato entregou cópias do plano de gestão a representantes de entidades ligadas ao setor empresarial. No final de semana o candidato pretende fazer “arrastão” na Reserva Indígena de Dourados, mas sem concentração de pessoas por causa da pandemia.

“Por onde andamos temos encontrado excelente receptividade por conta da proposta de implantar modelo de gestão participativo e descentralizado”, afirma Barbosinha.

Candidato do Republicanos, Racib Harb (Foto: Divulgação)
Candidato do Republicanos, Racib Harb (Foto: Divulgação)

Racib Harb – O candidato do Republicanos Racib Harb disse que dedicou boa parte dos primeiros 15 dias da campanha a organizar a burocracia da campanha e o material de divulgação dos candidatos a vereador.

“Hoje iniciamos as caminhadas pela cidade. Não tem como ir a todos os bairros porque ficou um a campanha curta, mas iremos a todas as regiões da cidade para levar nossas propostas e descobrir as demandas de cada parte de Dourados. Hoje de manhã fizemos três horas de caminhada pela Avenida Marcelino Pires e à tarde vamos para a região das sitiocas”, afirmou Racib.

O candidato do Republicanos lamentou a falta de debates nesta campanha. “Seria a chance para o eleitor comparar as propostas dos candidatos, mas vamos tocar a campanha seguindo as regras eleitorais e as medidas sanitárias”.

Além deles, também são candidatos a prefeito de Dourados o empresário Mauro Thronicke, do PSL, e João Carlos de Souza, o Joca, do PT.

O Campo Grande News falou de manhã com a assessoria de Joca, mas não recebeu informações sobre o andamento da campanha. A reportagem não conseguiu falar com o candidato do PSL. Mensagem foi deixada pelo aplicativo WhatsApp e assim que ele se manifestar a informação será incluída nesta reportagem.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário