ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUARTA  17    CAMPO GRANDE 25º

Interior

Comerciante é morto a tiros ao abrir casa de penhores na fronteira

Crime ocorreu em Capitán Bado, cidade paraguaia separada por uma rua de Coronel Sapucaia

Por Helio de Freitas, de Dourados | 30/06/2022 12:27
Policiais no momento em que socorriam comerciante; ele morreu a caminho do hospital (Foto: Direto das Ruas)
Policiais no momento em que socorriam comerciante; ele morreu a caminho do hospital (Foto: Direto das Ruas)

O comerciante Robustiano Pereira, 66, foi assassinado a manhã desta quinta-feira (30) em Capitán Bado, cidade paraguaia separada por uma rua de Coronel Sapucaia (a 400 km de Campo Grande). O crime ocorreu em frente ao comércio dele – uma loja de penhores – no bairro São Roque.

Segundo a Polícia Nacional, Robustiano tinha acabado de chegar e abrir a loja quando dois pistoleiros de moto se aproximaram e o alvejaram com vários tiros. O comerciante chegou a ser socorrido na caminhonete da polícia até o hospital cidade, mas ele morreu antes de ser atendido.

A linha internacional entre Capitán Bado e Coronel Sapucaia divide com Pedro Juan Caballero-Ponta Porã a posição de cidades mais sangrentas da fronteira do Paraguai com o Brasil. As regiões são bases de facções brasileiras e grupos locais que lutam pelo controle do tráfico de drogas e de armas.

Nos siga no Google Notícias