A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

27/08/2016 19:53

Construção às margens de rio é interditada e dono multado em R$ 15 mil

Nyelder Rodrigues
Obra irregular estava muito próximo do leito do rio e foi parasalisada (Foto: Divulgação/PMA)Obra irregular estava muito próximo do leito do rio e foi parasalisada (Foto: Divulgação/PMA)

Uma equipe da PMA (Polícia Militar Ambiental) que realizava fiscalização no rio Ivinhema, em Angélica - município localizada a 263 km de Campo Grande -, flagrou uma construção irregular às margens do rio na tarde deste sábado (27), multando o dono do local em R$ 15 mil e interditando a obra.

A construção era uma residência do tipo palafita em alvenaria com 58 m², a apenas 45 metros da margem do rio Ivinhema, destruindo matas ciliares. Segundo a PMA, o espaço que deveria ser deixado para preservação permanente de matas é de 100 metros no local.

Diante do flagrante, os militares interditaram as atividades e ordenaram que o infrator fizesse a remoção da obra ilegal e a recuperação da área degradada. O dono do local, um homem de 58 anos, residente em Votuporanga (SP), foi autuado administrativamente e multado em R$ 15 mil pela construção ilegal.

No início deste mês, no dia 1º, essa mesma equipe da PMA, de Batayporã, havia paralisado uma obra similar de 145 m² que foi encontrada a 7 metros da margem do rio Ivinhema. O infrator, que havia sido multado em R$ 10 mil, recebera no dia 5 nova multa no mesmo valor por não ter atendido ao embargo da obra.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions