A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

25/05/2016 08:30

Contra demissões, bancários retardam abertura de agência do Bradesco

Sindicato afirma que apenas no primeiro trimestre deste ano a empresa já eliminou 1.469 postos de trabalho no país

Helio de Freitas, de Dourados
Bancários durante protesto em frente à principal agência do Bradesco em Dourados (Foto: Divulgação)Bancários durante protesto em frente à principal agência do Bradesco em Dourados (Foto: Divulgação)

Protesto de funcionários do Bradesco vai retardar em uma hora nesta quarta-feira (25) a abertura da principal agência do banco em Dourados, cidade a 233 km de Campo Grande. A mobilização ocorre em todo o país contra as demissões feitas pelo banco. Apenas no primeiro trimestre deste ano a empresa já eliminou 1.469 postos de trabalho, segundo os bancários.

Conforme o Sindicato dos Bancários de Dourados e Região, a agência do Bradesco na Avenida Joaquim Teixeira Alves, em frente à Praça Antonio João, vai abrir às 11h hoje. Os funcionários e sindicalistas estão em frente ao local desde 8h, para orientar clientes sobre a mobilização.

Segundo o sindicato, o número de demissões feitas pelo Bradesco é alto, uma vez que o banco teve “lucro exorbitante” de R$ 4,1 bilhões em 2016. “Por isso o banco será cobrado por garantia de emprego e novas contratações, durante negociação entre representantes da empresa e dos trabalhadores que ocorre nesta quarta-feira em São Paulo”, informou Joacir Rodrigues, do Sindicato dos Bancários de Dourados.

O sindicalista disse que em um ano, o Bradesco – segundo maior banco privado do país – cortou 3.584 empregos e fechou 151 agências no período.
“Reduções injustificáveis, pois apenas com a receita de prestação de serviços e tarifas, a empresa cobre 137,1% das despesas de pessoal. Os funcionários sofrem com estresse, porque não sabem se estarão na próxima lista de cortes”, afirmou Rodrigues.

Homem morre afogado enquanto nadava em rio dentro de balneário
Um homem de 51 anos morreu na tarde deste domingo (17) em Bodoquena - município localizado a 266 km de Campo Grande. Ele se afogou no rio Salobra, qu...
Jovem perde controle de direção em curva e morre na MS-162
Marlon Alexandre Silva de Oliveira, 24 anos, morreu em acidente de trânsito, na madrugada deste domingo (17), na MS-162, em Maracaju, distante 160 qu...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions