A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 20 de Agosto de 2019

24/11/2018 09:45

Contrabandistas tentam “comprar” PMs e acabam presos por corrupção

Suspeitos trafegavam pela MS-141 em ziguezague e foram denunciados por outros condutores

Danielle Valentim
Todos os produtos eram de origem Paraguaia e não possuíam documentação de importação. (Foto: Divulgação)Todos os produtos eram de origem Paraguaia e não possuíam documentação de importação. (Foto: Divulgação)

Dois homens de 24 e 44 anos foram presos na madrugada deste sábado (24) por contrabando, corrupção ativa, desobediência e resistência. A dupla fazia o transporte de grande quantidade de mercadorias contrabandeadas do Paraguai e foram descobertos após zigue-zague na MS-141, no Distrito de Nova Casa Verde.

Durante patrulhamento ostensivo e preventivo equipe de Força Tática recebeu uma denúncia de que uma caminhonete Ford Ranger, prata, trafegava em ziguezague pela MS-141. Os policiais localizaram o veículo e emitiram sinais sonoros e luminosos, que foram desobedecidos. 

O condutor tentou fugir, mas foi alcançado. Ele e o passageiros são residentes de Pirapozinho-SP. Em revista pessoal foi encontrado com o condutor R$ 9.800,00 e com o passageiro, R$ 308,00. Durante revista no carro, na carroceria da caminhonete foram encontradas 30 caixas de bebida, 03 malas de fibra, 01 furadeira marca e 01 máquina de cortar cabelo profissional.

Todos os produtos eram de origem Paraguaia e não possuíam documentação de importação. Os suspeitos se contradisseram nas respostas quanto ao destino da mercadoria e ofereceram dinheiro aos policiais. Foi dada voz de prisão aos indivíduos, que resistiram.

Durante a ocorrência, o celular do passageiro não parava de tocar, e perguntado ao mesmo do que se tratava, ele afirmou participar de grupos do WhatsApp, onde o intuito era informar se o trajeto que faziam estava livre de fiscalização, para que demais veículos com mercadorias contrabandeadas pudessem chegar ao seu destino. As mercadorias foram levadas ao quartel do 8º BPM de Nova Andradina para, posteriormente, ser encaminhada à Receita Federal.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions