ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, QUARTA  29    CAMPO GRANDE 16º

Interior

Corpo encontrado no Paraguai com 5 tiros é de jovem de Coronel Sapucaia

Indígenas acreditam que jovem de 18 anos foi assassinado em MS e corpo desovado no Paraguai

Por Dayene Paz | 23/05/2022 09:32
Adolescente foi morto a tiros e encontrado morto em lado paraguaio. (Foto: Direto das Ruas)
Adolescente foi morto a tiros e encontrado morto em lado paraguaio. (Foto: Direto das Ruas)

Foi identificado o corpo encontrado na manhã de sábado, 21 de maio, em área entre Capitán Bado, no Paraguai, que faz fronteira com Coronel Sapucaia, em Mato Grosso do Sul. Alex Recarte Vasques Lopes tinha 18 anos e era morador de aldeia sul-mato-grossense. Os indígenas acreditam que ele foi morto em uma fazenda e desovado no país vizinho.

Na manhã de sábado, a Polícia Civil foi acionada pela liderança da Aldeia Taquaperi informando que havia um rapaz morto na cidade de Capitán Bado, a poucos metros da divisa com Mato Grosso do Sul. O líder buscou informações junto à polícia paraguaia, que já estava apurando o caso.

Para a polícia de MS, a liderança indígena informou que testemunhas ouviram seis disparos por volta das 16 horas do dia anterior, sexta-feira (20), e que Alex poderia ter sido morto na fazenda que faz divisa com a Aldeia Taquaperi. Seis horas depois, por volta das 22h, testemunhas viram uma caminhonete de cor preta indo até a fazenda e saindo rápido, deixando o portão aberto.

Os indígenas desconfiam, conforme boletim de ocorrência, que a vítima foi morta pelo capataz e somente desovaram o corpo no país vizinho. A versão pode ser confirmada, pois a polícia não encontrou indícios de disparo de arma de fogo ou sangue no local onde o corpo foi localizado.

A irmã de Alex foi quem identificou o corpo, que foi encaminhado para o IML (Instituto de Medicina Legal) do Paraguai e depois, liberado para a família. A polícia paraguaia e a Polícia Civil abriram procedimento para apurar o caso.

Nos siga no Google Notícias